Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fundos imobiliários: Qual segmento deve voltar mais rapidamente após a crise?

12/08/2020 - 9:37
Cada vez mais, os FIIs têm ganhado destaque na carteira do investidor brasileiro (Imagem: Unsplash/@elevatebeer)

A pandemia de Covid-19 afetou drasticamente os preços dos fundos imobiliários, que cada vez mais têm ganhado destaque na carteira do investidor brasileiro. De forma generalizada, todos os segmentos do setor sentiram em algum grau a crise, devido às paralisações no Brasil.

A grande pergunta que não quer calar diz respeito justamente a qual segmento deve se recuperar rapidamente no cenário pós-pandemia.

Segundo a XP Investimentos, gestores acreditam que os fundos de galpões logísticos devem recuperar mais rapidamente da crise (26% vs. 45% no mês passado) dado que o segmento logístico manteve seu funcionamento durante o período de paralisação das atividades não-essenciais.

A necessidade de abastecimento das cidades em plena quarentena é um divisor de águas que garante uma largada adiantada.

“Nota-se o aumento dos fundos de CRI em relação ao mês anterior (13% vs. 0%) dado que este segmento possui a vantagem de investir em CRI, que conta com garantias que protegem o cotista de uma eventual inadimplência”, avalia a equipe de fundos imobiliários da corretora.

Como começar a investir

Cidade de São Paulo
O primeiro passo para começar a investir com segurança nos FIIs é manter um orçamento organizado (Imagem: Pixabay/Rafael_Neddermeyer)

Entre os vários tipos de investimentos disponíveis existe o fundo imobiliário, no qual os investidores fazem a aplicação no desenvolvimento de empreendimentos ou em imóveis já prontos, além de outras atividades do setor, como arrendamento, exploração de locação, venda de imóvel, entre outras.

As cotas podem ser negociadas em Bolsa, o que diminui os riscos e torna o processo mais rápido do que a transação de compra e venda de um imóvel.

O primeiro passo para começar a investir com segurança nos FIIs é manter um orçamento organizado, separando o dinheiro que será aplicado no investimento escolhido.

Também é importante levar em consideração o tempo necessário para que o dinheiro tenha um bom rendimento, o que pode acontecer em algumas semanas ou meses, sendo que em muitos casos não é possível retirar o valor antes de um determinado período.

A seguir, entenda quais são os tipos de investimentos disponíveis, entendendo o nível de risco e as taxas de rendimento. Em seguida, é preciso escolher uma corretora de valores – instituição que dá acesso aos investimentos disponíveis.

Além de cursos que cobrem o tema, como a faculdade de Administração e Economia, cursos online e consultorias são opções para quem quer aprender mais sobre o assunto e controlar melhor seus investimentos.

Além disso, é possível ter acesso a muito conteúdo gratuito e de qualidade em portais na internet e vídeos no YouTube, que ensinam com uma linguagem acessível como fazer o dinheiro render de maneira eficiente.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 12/08/2020 - 11:54