Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Fusão entre Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) já está precificada; é hora de comprar as ações?

Giovana Leal
23/06/2022 - 17:11
Localiza
“Hoje estamos vendo esse fato ser consumado”, diz especialista da Ativa (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

A Localiza (RENT3) e a Unidas (LCAM3) anunciaram na noite de quarta-feira (22) que a combinação de negócios entre as companhias será finalizada no dia 1 de julho de 2022.

No pregão desta quinta-feira (23), após a divulgação, as ações das companhias fecharam o dia em alta. Os papéis da Localiza subiram 1,15%, cotados a R$ 51,04, e os da Unidas avançaram 2,39%, a R$ 23,15, enquanto o Ibovespa (IBOV) caiu 1,30%, segundo dados preliminares.

Apesar da valorização, o chefe de pesquisas da Ativa Investimentos, Pedro Serra, diz que a operação já está precificada nas ações das companhias.

“A fusão das companhias já era esperada e boa parte da operação já está no preço das ações desde o anúncio da combinação e depois na divulgação da prévia dos remédios. Na época, o mercado gostou”, afirma Serra.

O especialista ainda diz que “hoje estamos vendo esse fato ser consumado”.

É hora de comprar as ações?

A indicação da Ativa para o setor de aluguel de carros é de compra. Segundo Serra, o setor tem perspectivas interessantes para o longo prazo, com tendências interessantes na área de assinatura de carro e gestão de frotas, além de ter muita aderência ao crescimento econômico e ao possível fechamento da curva de juros.

Já no curtos prazo, o especialista afirma que existem desafios. “A venda de seminovos está indo muito bem, no entanto, tem problema para aumentar a frota, uma vez que a montadora não está conseguindo entregar carros como gostaria e não com o mesmo desconto que as locadoras conseguiam passar antes”, diz.

Para Localiza, a Ativa tem indicação neutra, enquanto a Unidas recebe recomendação de compra.

A fusão

A data da conclusão foi anunciada logo após o tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovar o comprador dos ativos que serão segregados das operações de RAC (Rent a Car) e Seminovos.

O fundo de investimentos administrado por afiliadas da Brookfield Asset Management foi aprovado como comprador em uma operação que envolve R$ 3,5 bilhões.

A Brookfield comprará os ativos por meio da empresa de gestão e terceirização de frotas Ouro Verde.

A conclusão da venda dos ativos à Ouro Verde está sujeita à aprovação do Cade e acontecerá após a consumação da combinação de negócios.

Siga o Money Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Siga agora a página do Money Times no Facebook!

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Matheus Caselato - 23/06/2022 - 17:11

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto