Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Gladius Network encerra suas atividades mesmo após acordo com a SEC

27/11/2019 - 9:26
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Gladius Network prometia diminuir o tempo de carregamento e combater os ataques DDoS (negação de serviço distribuída) (Imagem: Twitter/Gladius Network)

Gladius Network está fechando suas portas, de acordo com um anúncio feito pelo cofundador e CTO Alex Godwin no site da empresa:

“Lamentamos informar que a Gladius Network LLC encerrou suas operações imediatamente e está entrando em processo de dissolução. Apesar da nossa dedicação, a empresa não tem mais fundos para continuar as operações. Nosso código vai permanecer disponível no GitHub pelos próximos três meses. Ainda acreditamos no poder da nossa tecnologia e, se alguém da comunidade tem interesse em continuar o nosso trabalho, nós damos as boas-vindas.”

A startup de proteção contra ataques de negação de serviço (DoS, na sigla em inglês) baseada na rede da Ethereum levantou US$ 12,7 milhões em ether no fim de 2017 em sua oferta inicial de moeda (ICO), o que gerou confusão com a SEC.

Gladius relatou sua própria venda de valores mobiliários não registrados e depois chegou a um acordo com a SEC em fevereiro de 2019.

Enfrentando um reembolso aos investidores insatisfeitos da ICO e registrando seu token como um valor mobiliário, Gladius não cumpriu com os prazos da SEC (apesar de ter recebido muitas prorrogações) antes de decidir encerrar suas atividades.

Mostre-me o dinheiro: de acordo com o site Decrypt, os investidores autoproclamados da Gladius Network dizem que ainda precisam ser reembolsados.

Apesar da abordagem compreensiva da SEC ao monitorar o consentimento da Gladius ao acordo, a comissão não deve dar menos importância a essa questão. Os investidores afetados já estão se reunindo em grupos no Telegram para discutir possíveis maneiras de recorrência.

Agora a Gladius faz parte da longa lista de projetos derrubados pela SEC no último ano. Mas o destino da startup se contrasta com o da Block.one e o da rede EOS, que deu um cheque de US$ 24 milhões para a SEC por sua venda de tokens não registrada, avaliada em US$ 4,1 bilhões.

A realidade é que os projetos menores não vão ter fundos para evitar serem considerados como valor mobiliário, uma sentença de morte para quase todos os projetos de utility tokens.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 26/05/2020 - 10:31