Homem é acusado de vender criptomoedas sem registro na cidade de Nova Orleans

25/06/2021 - 12:25
Traduzido e editado por Vitória Tonetti Martini
Bitcoin Martelo Justiça
O acusado usava diversas contas bancárias corporativas que davam o suporte para a venda de criptomoedas (Imagem: Unsplash/executium)

Nessa quinta-feira (24), o Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou que acusou um vendedor de criptomoedas de Nova Orleans por realizar vendas sem registro. 

Segundo documentos do tribunal divulgados hoje, Michael Yusko foi acusado de operar sem licença. Promotores de justiça alegaram que Yusko administrava uma série de contas bancárias corporativas para dar suporte à venda de cripto, afirmando que o acusado vendeu “bitcoin (BTC), ethereum (ETH) e outras criptomoedas a clientes” entre agosto de 2017 e junho de 2019. 

“Yusko não registrou nenhuma dessas empresas com [a Rede de Combate a Crimes Financeiros (FinCEN)] como empresas de transmissão monetária. Se condenado, Yusko poderá receber pena máxima de cinco anos de prisão, multa de até US$ 250 mil, até três anos de liberdade supervisionada e US$ 100 de obrigatoriedades”, afirmou o departamento em um comunicado. 

Por muito tempo, FinCEN considerou criptomoedas como forma de substituição do dólar no contexto de transmissão monetária, e os documentos do tribunal, dessa quarta-feira, mostram a exigência de registro na agência americana. 

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Tonetti Martini - 25/06/2021 - 12:26

Cotações Crypto
Pela Web