Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ibovespa cai com exterior e influenciado por tombo de Banco Inter

22/11/2021 - 18:16
B3, Ibovespa, Mercados, Ações
O Ibovespa caiu 0,89%, a 102.122,37 pontos, na mínima da sessão (Imagem: Money Times/Diana Cheng)

O Ibovespa (IBOV) fechou em queda nesta segunda-feira, e soma agora cinco baixas nos últimos seis pregões, influenciado pelo cenário externo, diante queda da Nasdaq (US100) e do S&P 500 (SPX), e pela manutenção das incertezas no front doméstico.

Papéis de Banco Inter (BIDI11) foram destaque de baixa, em meio à queda generalizada de fintechs e empresas de tecnologia.

Do outro lado, Vale (VALE3) e siderúrgicas subiram, na esteira da valorização dos preços de minério e commodities metálicas. TIM também avançou após sua controladora Telecom Italia receber proposta de compra do fundo norte-americano KKR.

O Ibovespa caiu 0,89%, a 102.122,37 pontos, na mínima da sessão. Na máxima, o índice alcançou os 104.613,07 pontos. O volume financeiro foi de 26,1 bilhões de reais.

O Ibovespa começou o pregão em tom positivo, mas não foi capaz de manter o desempenho durante o restante do dia. No início da tarde, o índice virou, à medida que as bolsas norte-americanas perderam terreno.

A recondução de Jerome Powell ao cargo de chair do Federal Reserve elevou a expectativa para um aumento dos juros nos Estados Unidos antes do esperado, o que alçou os papéis de bancos naquele país, mas, ao mesmo tempo, fez os rendimentos dos Treasuries dispararem, pesando sobre companhias de tecnologia.

Segundo Victor Lima, analista da Toro Investimentos, o avanço nos rendimentos dos títulos de dívida dos EUA também pressionou a bolsa brasileira. Ele mencionou ainda a manutenção de incertezas no campo fiscal, em especial a PEC dos Precatórios, com receio de um Auxílio Brasil permanente.

Com o mercado na expectativa da tramitação da PEC no Senado, o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, afirmou nesta segunda-feira que o texto abre um espaço orçamentário de 106,1 bilhões de reais em 2022, dos quais apenas 1,1 bilhão de reais estão livres. O valor total é superior ao montante de 91,6 bilhões de reais que havia sido informado anteriormente pelo Ministério da Economia.

Destaques

BANCO INTER (BIDI11) caiu 14,1%, enquanto os papéis PN do banco digital cederam 12,7%, em meio à queda generalizada de fintechs, com notícias sobre potencial regulamentação do setor.

Em NY, StoneCo (STNE) despencou 11,1% e PagSeguro caiu 7% Bradesco BBI cortou a recomendação para os dois papéis.

Ainda no setor ligado à tecnologia, Locaweb (LSAW3) teve queda de 9,2%, Méliuz (CASH3) recuou 7,3% e Totvs (TOTS3) cedeu 6,3%

Vale (VALE3) saltou 5,6%, puxando novamente o setor de empresas ligadas a siderurgia e mineração, com a disparada das commodities metálicas, à medida que traders comemoram uma pequena melhora no consumo de metais industriais.

O preço do minério de ferro também subiu.

TIM (TIMS3) subiu 1,7%, após disparar quase 10% mais cedo, depois que fundo norte-americano KKR apresentou uma proposta não vinculativa para comprar a Telecom Italia, que controla a operadora brasileira.

Petrobras (PETR4) subiu 1%, reagindo após queda de mais de 3% na semana passada.

Preços do petróleo, que chegaram a cair, fecharam em alta, diante de relatos de que a Opep+ poderia ajustar os planos para aumentar a produção de petróleo caso grandes países consumidores liberem petróleo de suas reservas ou se a pandemia de coronavírus diminuir a demanda.

Última atualização por André Luiz - 22/11/2021 - 19:08

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web