Sobe-e-desce da Bolsa

Ibovespa: Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) estendem ganhos, enquanto CSN (CSNA3) recua; veja as principais altas e baixas

06 nov 2023, 12:30 - atualizado em 06 nov 2023, 12:30
Vale Petrobras
Além de Petrobras e Vale, as varejistas Magalu e Casas Bahia também estendiam ganhos (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Ibovespa (IBOV) começou o dia em alta, mas passou a operar de lado nesta segunda-feira (6), depois de saltar 4,28% na última semana. Por volta das 12h10, o principal índice da Bolsa brasileira recuava 0,09%, a 118.059 pontos.

No mesmo horário, Yduqs (YDUQ3) liderava maiores baixas, recuando 5,33%, junto com Soma (SOMA4) e PetroRecôncavo (RECV3), que caíam 3,74% e 3,20%, respectivamente.

O dia também era difícil para as aéreas. Gol (GOLL4) desvalorizava 2,73% após divulgar prejuízo líquido de R$ 1,3 bilhões no terceiro trimestre de 2023 (3T23). Azul (AZUL4) seguia o ritmo e recuava 2,11%.

O grupo de turismo CVC (CVCB3) perdia 5,23% após registrou prejuízo líquido de R$ 87,5 milhões no 3T23.

Embraer (EMBR3) caia 1,45% apesar de marcar lucro líquido ajustado de R$ 167,1 milhões no período, alta de 34%.

Petrobras, Vale e mais ações estendem ganhos

BRF (BRFS3) disparava 5,82% e liderava maiores altas, junto com a petroquímica Braskem (BRKM3), que ganhava 2,32%.

Entre as petroleiras, Petrobras (PETR4), que divulga balanço do terceiro trimestre do ano nesta quinta-feira (9), subia 0,82%, estendendo os ganhos. Na última sessão, a ação marcou alta de 1,20%. Prio (PRIO3) e 3R Petroleum (RRRP3) perdiam 0,85% e 0,51%, respectivamente.

Vale (VALE3) era outro nome que estendia os ganhos, valorizando 0,53% após, na sexta-feira (3), marcar o sexto pregão consecutivo de alta, fechando em alta de 1,25%.

CSN (CSNA3) recuava 0,32%, enquanto CSN Mineração (CMIN3) ganhava 1,42% após o Itaú BBA iniciar cobertura recomendação “market perform“.

Magazine Luiza (MGLU3) e Casas Bahia (BHIA3) subiam 0,60% e 1,85%, respectivamente. Ambos os papéis dispararam na última sessão, liderando altas.

BB Seguridade (BBSE3) valorizava 0,32% após forte lucro no terceiro trimestre de 2023 (3T23). Analistas recomendam a compra do papel.

Estagiária
Graduanda em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá. Tem experiência cobrindo mercados, ações, investimentos, finanças, negócios, empreendedorismo, franquias, cultura e entretenimento. Ingressou no Money Times em 2021.
Linkedin
Graduanda em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá. Tem experiência cobrindo mercados, ações, investimentos, finanças, negócios, empreendedorismo, franquias, cultura e entretenimento. Ingressou no Money Times em 2021.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.