Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa fecha em alta de 7,5% com pacotes nos EUA

25/03/2020 - 17:16
Mercados Ibovespa
Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa saltou 7,95%, a 75.274,87 pontos, de acordo com dados preliminares (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O Ibovespa voltou a fechar em forte alta nesta quarta-feira, com várias ações valorizando-se mais de 20%, em meio a apetite a risco respaldado pela iminência da aprovação pelo Congresso dos Estados Unidos de um pacote econômico de 2 trilhões de dólares em resposta à pandemia do Covid-19.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa saltou 7,5%, a 74.955,57 pontos – na segunda alta seguida, o que não acontecia desde a virada do mês. O volume financeiro totalizou 28,68 bilhões de reais.

Senadores nos EUA votarão nesta quarta-feira um projeto de lei bipartidário que prevê a liberação de 2 trilhões de dólares para aliviar o impacto econômico do coronavírus, após acordo entre os principais assessores do presidente Donald Trump e senadores republicanos e democratas .

Tal desfecho foi em parte antecipado pelos mercados na terça-feira, quando o Dow Jones teve a maior alta percentual diária desde 1933. Nesta sessão, o Dow encerrou com elevação de % e S&P 500 subiu 1,15%.

Perto do fechamento, porém, o senador Bernie Sanders disse que estava preparado para suspender a votação do pacote no Senado, a menos que um grupo de senadores republicanos abandone suas objeções aos termos quanto aos benefícios aos desempregados no projeto.

Agentes financeiros também não descartam manutenção da volatilidade, uma vez que permanecem dúvidas sobre o efeito total da pandemia nas economias, bem como faltam evidências de melhora no ritmo de contágio do vírus.

“Não está claro quanto tempo esse entusiasmo pode ser sustentado”, destacaram Chris Hussey e equipe, do Goldman Sachs, citando a expectativa de um trimestre que deve ser marcado por forte retração da economia norte-americana.

“Podemos estar à beira da transição da fase de resposta política da crise do coronavírus para a fase dependente de dados – uma etapa que pode ser menos previsível tanto do lado do vírus como do lado econômico”, citaram em nota a clientes.

Analistas da corretora Mirae Asset também observaram que a propagação da doença no mundo continua em evolução, bem como o isolamento de pessoas e países.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“Será importante entender qual o período de segurança entre saúde da população e da economia. Este será o novo desafio do cenário que está se formando e será munição para confrontos na política em diferentes países e aqui não será diferente.”

No Brasil, o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil avançou para 57 nesta quarta-feira, um aumento de 11 óbitos em relação ao levantamento da véspera, informou o Ministério da Saúde. Os casos confirmados de Covid-19 no país atingiram 2.433, ante 2.201 até segunda-feira.

A pandemia do Covid-19 já infectou mais de 420 mil pessoas em todo o mundo e matou quase 19 mil.

Destaques

Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4)  subiram 35,06% e 18,55%, respectivamente, em nova sessão se recuperação após anunciarem uma série de medidas em resposta ao Covid-19, incluindo cortes drásticos na oferta de voos.

Apesar de quase dobrar a cotação nos últimos cinco pregões (+95%), Gol ainda contabiliza perda de 70% em 2020. No caso de Azul, que subiu 85% nos últimos cinco pregões, a queda no ano é de 67%.

Banco do Brasil  (BBAS3) avançou 12%, em nova sessão positiva para os grandes bancos de varejo do Ibovespa, com Itaú Unibanco (ITUB4) em alta de 4,89% e Bradesco subindo 7,48% e Santander ganhando 7,11%.

Petrobras (PETR4) fechou com elevação de 8,08%, conforme os preços do petróleo também avançaram no mercado externo.

Vale (VALE3) subiu 8,53%. Os futuros do minério de ferro na China subiram mais de 5%, maior alta desde julho de 2019, por receios sobre a oferta à medida que mais países determinam quarentenas para conter o coronavírus, incluindo importantes produtores da matéria-prima como o Brasil.

Usiminas (USIM5) avançou 21,39%, após a Justiça de Minas Gerais homologar acordo da siderúrgica com o fundo de previdência dos funcionários da companhia, que terá de devolver à siderúrgica 393,9 milhões de reais em até 30 dias, contados a partir da véspera.

Carrefour (CRFB3) e Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) recuaram 4,36% e 2,78%, respectivamente, entre as poucas quedas da sessão. Via Varejo, que divulga resultado trimestral nesta quarta-feira, subiu quase 14%.

(Atualizada às 18h07)

Última atualização por Renan Dantas - 25/03/2020 - 18:11