Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Indígenas reabrem BR-163 mas devem impor novo bloqueio às 18h, diz polícia

18/08/2020 - 19:36
Indio
O policial da PRF de Santarém Fernando Antônio disse que haveria um esforço da equipe para negociar a saída com os índios (Imagem:REUTERS/Lucas Landau)

Indígenas kayapós que protestam no km 302 da BR-163, importante rota para o escoamento de grãos do Centro-Oeste, reabriram temporariamente o trecho para a passagem de veículos, mas prometem impor um novo bloqueio às 18h, o que descumpriria um mandado de liberação expedido na véspera pela Justiça Federal.

Procurada, a 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santarém, responsável pelo gabinete de crise que acompanha o caso, informou à Reuters que a reabertura temporária eliminou filas de caminhões graneleiros que estavam no local.

Na segunda-feira pela manhã, quando começou o protesto, havia mais de três quilômetros de filas, principalmente de caminhões que rumavam para o porto fluvial de Miritituba, em Itaituba (PA), de onde barcaças levam grãos até os portos do Rio Amazonas para serem exportados.

A Justiça Federal solicitou a reintegração de posse do local, sob pena de multa de 10 mil reais ao dia caso a medida fosse descumprida, conforme documento assinado pela juíza Sandra Maria Correia da Silva visto pela Reuters.

O policial da PRF de Santarém Fernando Antônio disse que haveria um esforço da equipe para negociar a saída com os índios, “e se eles não aceitarem, órgãos superiores decidem quais serão as medidas cabíveis”, afirmou.

Vestidos para guerra, os indígenas reivindicam a renovação do Plano Básico Ambiental (PBA), pedem mais atenção para a saúde devido à pandemia de Covid-19 e se posicionam contra a construção da ferrovia Ferrogrão sem que eles sejam ouvidos, uma vez que o projeto prevê a construção dos trilhos perto de suas terras, de acordo com uma testemunha da Reuters no local do protesto.

A PRF do município de Sorriso (MT) recomendou que os caminhoneiros que transportam grãos para Miritituba aguardem em Mato Grosso antes de seguir viagem.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 18/08/2020 - 21:19