Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Inter: aquisição de fatia na BMG Granito é pequena, mas estratégica, defende BTG

18/11/2020 - 18:00
Maquininha de cartão, Pagamentos, BMG Granito
Segundo o BTG Pactual, a aquisição de 45% na BMG Granito é o primeiro passo do Inter para melhorar os serviços oferecidos para pequenas e médias empresas (Imagem: Facebook/BMG Granito Meios de Pagamento)

A aquisição de 45% da empresa de meios de pagamento BMG Granito é pequena, mas estratégica para o Inter (BIDI11), defendeu o BTG Pactual (BPAC11).

“Vemos a aquisição como o primeiro passo [do Inter] para melhorar os serviços a clientes pequenas e médias empresas e um movimento importante para reforçar a experiência de usuário do marketplace/Inter Shop”, afirmaram os analistas Eduardo Rosman e Thomas Peredo, em relatório divulgado nesta quarta-feira.

De acordo com o fato relevante do Inter, o valor da operação é de R$ 90 milhões. Se aprovada, a companhia passará a dividir a empresa com o Banco BMG (BMGB4) e os executivos da Granito, que deterão, respectivamente, 45% e 10% do capital.

O BTG destacou que a BMG Granito era a peça que faltava para o Inter implementar melhorias em sua plataforma digital de vendas, já que o braço de adquirência permitirá que os clientes da instituição financeira usem outros cartões de crédito, além de ajudar no processo de abertura do marketplace para não correntistas.

A operação também está em linha com o tipo de aquisição que o CEO João Vitor Menin estava procurando para o Inter:

“A adquirência é o braço que faltava para empresas de médio porte e, com a Granito, estamos trazendo tecnologia de ponta e 100% proprietária. Vamos entrar no mundo digital da adquirência, ganhar escala para atender os mais de 600 mil empresários correntistas do Inter”, afirmou o executivo.

O BTG reiterou sua recomendação de compra para o papel da instituição, com preço-alvo de R$ 74 para os próximos 12 meses. A Mirae Asset, que comentou brevemente sobre a aquisição enquanto falava sobre os resultados do terceiro trimestre de 2020, também manteve a indicação de compra, mas com preço-alvo de R$ 71.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 18/11/2020 - 18:00