Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Investidores da Tesla esperam anúncios sobre bateria para retomar rali

21/09/2020 - 11:52
TSLA Tesla Carro Elétrico Bateria
O preço-alvo médio é de US$ 305 por ação, 31% abaixo do fechamento de sexta-feira (Imagem: Reuters/Michele Tantussi)

Aperte o cinto, porque terça-feira é o “Dia da Bateria” da Tesla (TSLA) e alguns investidores esperam que a apresentação do presidente-executivo Elon Musk sobre os avanços de armazenamento de energia da montadora faça suas ações retomarem o rali após a recente queda 21% nos papéis.

As ações da Tesla mostravam uma trégua na queda em preparação para o evento programado e subiam 1,6% no começo do pregão desta segunda-feira, ajudadas por um e-mail vazado de Musk que dizia que a empresa tinha esperança de atingir um recorde de entregas de carros no terceiro trimestre.

Muitos analistas esperam que Musk revele melhorias de bateria sua vantagem sobre a General Motors (GM), a Volkswagen e outras rivais.

As opções da Tesla estão precificando uma movimentação de ações de cerca de 17% – para cima ou para baixo – até sexta-feira, disse Christopher Murphy, co-diretor de estratégia de derivativos do Susquehanna Financial Group.

Analistas, incluindo aqueles com classificações neutras para as ações da Tesla, esperam que Musk anuncie grandes avanços.

“Nós (e o mercado) esperamos que os anúncios sejam significativos, consolidando os custos e a liderança tecnológica da Tesla por mais vários anos”, escreveu o analista do UBS Patrick Hummel em nota a clientes, acrescentando que espera uma nova tecnologia para acelerar a fabricação e reduzir custos das baterias.

Oito analistas de Wall Street recomendam a compra de ações da Tesla, enquanto 10 recomendam a venda e outros 15 são neutros. O preço-alvo médio é de US$ 305 por ação, 31% abaixo do fechamento de sexta-feira.

Cabe destacar que as ações da Tesla estão sendo negociadas a cerca de 150 vezes o lucro esperado nos próximos 12 meses, quase o dobro de sua média de cinco anos, de acordo com dados da Refinitiv.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 21/09/2020 - 11:52