Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Investimento em mineração no Brasil deve atingir US$ 40 bilhões em até 5 anos, diz Ibram

29/09/2020 - 9:58
Mineração
Na última sexta-feira, o Ibram havia elevado suas projeções de investimentos em novos projetos de mineração, expansões e gestão e segurança de barragens de rejeitos no Brasil em 4,5 bilhões de dólares (Imagem: Pixabay)

Os investimentos na mineração no Brasil nos próximos quatro a cinco anos devem atingir cerca de 40 bilhões de dólares, disse o presidente do Conselho do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Wilson Brumer, na abertura de seminário sobre financiamento e acesso ao mercado de capitais para o setor mineral.

Segundo ele, o Brasil tem enorme potencial para ser desenvolvido, e a ampliação de pesquisas minerais pela Agência Nacional de Mineração (ANM), “liberando centenas de áreas”, permite que o setor eleve suas projeções de investimentos.

Na última sexta-feira, o Ibram havia elevado suas projeções de investimentos em novos projetos de mineração, expansões e gestão e segurança de barragens de rejeitos no Brasil em 4,5 bilhões de dólares, para 37 bilhões de dólares no período de 2020 a 2024, na comparação com uma cifra divulgada no início do ano.

O seminário sobre financiamento ao setor de mineração ocorre um dia depois de o governo brasileiro ter lançado um programa de Mineração e Desenvolvimento.

O programa tratará de mineração em novas áreas, incluindo indígenas, contemplando também questões relacionadas à sustentabilidade dos projetos, afirmou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Alexandre Vidigal de Oliveira.

Em declaração no evento desta terça-feira, a secretária-executiva do Ministério de Minas e Energia, Marisete Pereira, disse que é importante incluir a indústria de mineração na estrutura de captação de recursos para elevar o desenvolvimento desse setor.

Ela ressaltou a importância de investimentos em minerais que podem contribuir para a transição energética, considerando matérias-primas para a produção de baterias.

Ela ressaltou ainda que muitos metais podem contribuir para a neutralização das emissões de dióxido de carbono.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 29/09/2020 - 9:58