Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

IPO: Petz, de pet shops, irá à Bolsa; veja prospecto

19/02/2020 - 21:05
Petz
A empresa afirmou que usará recursos da oferta primária para abertura de lojas e hospitais (Imagem: Youtube/Petz)

A Pet Center, dona da rede de produtos para animais de estimação Petz, protocolou nesta quarta-feira pedido de registro para oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

A operação, que envolve ofertas primária e secundária de ações, será coordenada por Itaú BBA, Bank of America Merrill Lynch, JPMorgan e BTG Pactual, segundo o prospecto preliminar da operação.

A gestora norte-americana de fundos de private equity Warburg Pincus, com 55% do negócio, e o fundador da Petz, Sergio Zimerman, com outros 45%, serão os vendedores na oferta secundária de ações da companhia.

A empresa afirmou que usará recursos da oferta primária –ações novas, cujos recursos vão para o caixa da companhia — para abertura de lojas e hospitais e tecnologia digital.

Petz
O Ebitda deu um salto de 130% no ano passado, para 191,1 milhões de reais, mas o lucro líquido caiu 24%, para 23,6 milhões de reais (Imagem: Facebook/Petz)

O grupo fundado em 2002 e que se apresenta como a plataforma de soluções para animais de estimação mais abrangente do país, com 105 lojas em 12 Estados, teve receita líquida de 986 milhões de reais em 2019, um aumento de 28,4% sobre o ano anterior.

O Ebitda deu um salto de 130% no ano passado, para 191,1 milhões de reais, mas o lucro líquido caiu 24%, para 23,6 milhões de reais.

No documento, a empresa afirma que o Brasil é o quarto mercado do mundo de produto para pets, movimentando cerca de 23,5 bilhões de reais por ano.

Veja o prospecto completo:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Gustavo Kahil - 19/02/2020 - 21:12