Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Itaú decide que 69% dos proventos de 2020 serão pagos como dividendos

26/02/2021 - 12:10
Itaú ITUB4
Martelo batido: maior parte do que acionistas receberão do Itaú será isenta de Imposto de Renda (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

O conselho de administração do Itaú Unibanco (ITUB4) definiu, nesta quinta-feira (25), a forma como distribuirá os proventos relativos a 2020. A informação estava pendente, desde que o banco divulgou, no início de fevereiro, que pagará R$ 1,361 bilhão aos acionistas.

A cifra corresponde a um retorno líquido de R$ 0,1394 por ação. Ontem, o conselho do Itaú determinou que R$ 0,096407 dessa quantia seja pago como dividendos. O restante, R$ 0,042993, virá como juros líquidos sobre capital próprio (JCP). O valor bruto do JCP será de R$ 0,05058 por papel.

Como se sabe, a diferença ocorre porque a remuneração por juros sobre capital paga uma alíquota de 15% de Imposto de Renda. Já os dividendos são isentos de IR.

Na prática, isso significa que 69% dos proventos que os acionistas receberão em 12 de março serão pagos como dividendos, e 31%, como JCP. A data de corte para calcular quanto cada acionista receberá é 25 de fevereiro.

Veja o fator relevante do Itaú Unibanco.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 26/02/2021 - 12:13