Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Itaúsa continua sendo uma ótima opção para investir no Itaú

24/02/2021 - 16:53
Apesar disso, a tendência é que a participação do banco diminua na holding no longo prazo (Imagem: Itaúsa)

A Itaúsa (ITSA4) ainda é uma ótima opção para investir no Itaú (ITUB4), apontam analistas.

Segundo a Mirae, em relatório enviado a clientes, os investidores visualizam a ação da Itaúsa com referencial ao Itaú, “o que normalmente oferece oportunidades de se posicionar no Itaú por um valor abaixo do mercado”, afirma.

Apesar disso, a tendência é que a participação do banco diminua na holding no longo prazo.

O próprio presidente-executivo da empresa, Alfredo Setubal, afirmou que a Itaúsa deve ampliar sua participação em outros nichos, para ter de 10 a 12 empresas no portfólio na próxima década.

Atualmente, os principais investimentos da Itaúsa incluem os setores financeiro, Itaú Unibanco, madeira e papel, Duratex (DTEX3), calçados, Alpargatas (ALPA3), transporte de gás natural e outros. Como o investimento em Itaú é relevante para a holding, parte significante dos resultados vem do banco.

Resultados

A empresa teve leve alta no lucro no quarto trimestre, uma vez que o desempenho positivo de empresas industriais mais do que compensou os lucros menores da holding com o Itaú, afetado por maiores provisões para calotes devido à crise gerada pela pandemia da Covid-19.

No acumulado de 2020 o lucro líquido recorrente somou R$ 7,2 bilhões (ROAE de 13,3%) com redução de 26% ante R$ 9,8 bilhões de 2019 (ROAE de 18,4%,) reflexo da queda da contribuição de sua principal investida, o Itaú.

Uma possível da Itaúsa na XPart  pode render “um ganho de capital significativo”, o que deverá ser traduzido em dividendos mais elevados para um futuro próximo (Imagem: Linkedin/Xp Inc.)

O processo de reorganização societária com a XP Inc continua no radar e terá como modelo a cisão de empresas de seu conglomerado que resultará na criação da XPart, cuja o sinal verde aguarda a aprovação do Federal Reserve (FED).

Uma possível venda da participação da Itaúsa na XPart  pode render “um ganho de capital significativo”, o que deverá ser traduzido em dividendos mais elevados para um futuro próximo, aponta a Ágora Investimentos em relatório enviado a clientes na última terça-feira (23).

Recomendação

Neste ano, as ações da Itaúsa apresentam desvalorização de 16,5%, contra uma desvalorização de 19% da ação do Itaú.

Apesar disto, a Planner elevou o preço-alvo da Itaúsa de R$ 12,70 para R$ 13,50 por ação. A alteração reflete o aumento do preço-alvo do Itaú, que subiu de R$ 32 para R$ 35.

“Aumentamos também o desconto de holding de 16,4% (projeção anterior) para 19,1% (projeção atual)”, afirmou.

A Mirae também tem recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 14, o que representa alta de 43%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 24/02/2021 - 16:53