Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

JHSF tem grande potencial de crescimento, mas precisa melhorar aspectos ESG

07/01/2021 - 16:16
JHSF
No quesito ESG, a XP Investimentos acredita que a JHSF pode melhorar em alguns aspectos, principalmente em iniciativas sociais e de governança corporativa (Imagem: JHSF/Divulgação)

As perspectivas de crescimento para a JHSF (JHSF3) não poderiam ser mais positivas. Segundo a XP Investimentos, a companhia vai aproveitar o ambiente aquecido do setor imobiliário para expandir ainda mais sua atuação, que já é completa por englobar várias frentes.

Isso explica a recomendação de compra que a corretora tem à ação, com preço-alvo de R$ 9,70, além da expectativa de valorização de 31% para o ativo até o fim de 2021.

“Apesar da sua performance positiva de 11,6% em 2020 contra 2,9% do Ibovespa, continuamos vendo um potencial atrativo, dado que a ação está negociando a 25 vezes e 14,1 vezes o P/L (preço sobre lucro) para o fim de 2021 e 2022, respectivamente”, afirmaram Renan Manda e Lucas Hoon, analistas de Construção Civil, Shopping Centers, Imóveis Comerciais e FIIs da XP.

Já no quesito ESG, a XP acredita que a JHSF pode melhorar em alguns aspectos, principalmente em iniciativas sociais e de governança corporativa.

Marcela Ungaretti, analista ESG da XP Inc., mencionou que a JHSF possui classificação B pelo MSCI ESG Ratings. Em seu relatório, o MSCI listou algumas preocupações em relação a protocolos de segurança. Dentre os desafios estão possíveis acidentes de funcionários em obras.

“Nesse sentido, a empresa parece carecer de programas de saúde ocupacional e segurança, bem como relatórios de métricas e metas de segurança para minimizar incidentes”, disse Ungaretti.

catarina-outlet
A JHSF recentemente passou por alguns episódios problemáticos em termos de governança corporativa (Imagem: Facebook Catarina Fashion Outlet)

As questões envolvendo a governança corporativa da JHSF são mais complicadas. A analista relembrou que a companhia passou por “alguns episódios problemáticos” recentemente, como: (i) objeto de mandado de busca e apreensão em juízo visando localizar eventual contrato entre a Companhia e a LRC Eventos e Promoções; (ii) reportagem de jornal local sobre irregularidades em controles internos apontadas por seu Auditor independente EY; e (iii) algumas transações com partes relacionadas.

A JHSF está trabalhando para consertar as falhas e melhorar os controles internos. Enquanto todos os problemas não forem solucionados, Ungaretti defendeu que esse aspecto ESG merece ser monitorado.

Como pontos positivos, a XP destacou que a JHSF tem suas ações listadas no Novo Mercado, segmento com mais alto nível de governança corporativa da B3 (B3SA3), e um conselho de administração formado em sua maioria por membros independentes (embora apenas um dos nove membros do conselho seja mulher).

Na pauta ambiental, a companhia possui iniciativas de conservação de água, aquecimento solar e uso de materiais certificados. Os próximos desafios consistem em expandir as certificações e incluir “edifícios verdes” no portfólio.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 07/01/2021 - 16:16