Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Klabin opera em alta com aporte de R$ 9,1 bilhões para ampliar produção

17/04/2019 - 11:01
Klabin
Anúncio veio dento do que já havia sido sinalizado pela Klabin, diz Mirae Asset

Por Investing.com

As ações da Klabin (KLBN11) operam com valorização de 1,19% a R$ 16,18 nos primeiros negócios da manhã desta quarta-feira (17) na bolsa paulista.

Na noite de ontem, fabricante de papel e celulose anunciou que aprovou a expansão de capacidade no segmento de papéis para embalagem, o projeto Puma II, que vai consumir investimentos de R$ 9,1 bilhões até 2023.

O projeto abrange a construção de duas máquinas de papel, com produção de celulose integrada, na unidade na cidade paranaense de Ortigueira.

Como declarar investimentos no IR? Baixe agora o nosso guia completo

>>> Invista em Imóveis de Maneira Inteligente e Seja Dono dos Maiores Empreendimentos do Brasil [SAIBA COMO] <<<

Segundo a companhia, a capacidade total das máquinas será de 920 mil toneladas anuais de papéis Kraftliner. Na Unidade Puma, a Klabin já produz celulose branqueada (fibra curta, fibra longa e fluff), com capacidade anual de 1,6 milhão de toneladas.

O Puma II será dividido em duas etapas. A primeira envolve a construção de uma linha de fibras para produzir celulose não branqueada integrada a uma máquina de papel Kraftliner e Kraftliner Branco, que serão comercializados sob a marca Eukaliner, com capacidade de 450 mil toneladas anuais.

A segunda etapa do projeto contempla a construção de uma linha de fibras complementar integrada a uma máquina de papel Kraftliner com capacidade de 470 mil toneladas anuais e expansão de algumas estruturas de apoio.

Para a Mirae Asset, no geral o anúncio veio dento do que já havia sido sinalizado pela Klabin e deverá estar pronto num momento em que se espera que a economia esteja mais forte e com capacidade de absorver essa nova oferta de Kraftliner.

Para os analistas, isso em dúvida irá gerar crescimento de Ebitda e de resultado para a empresa, além de um novo patamar de preço alvo pelo mercado. A expectativa da corretora é que o resultado do 1T19, ainda seja fraco em relação ao mercado interno e neutralizado pelas exportações de celulose/variação cambial.

Eles destacam que a economia ainda segue engessada em virtude da espera da reforma da previdência, por isso esperam por melhores resultados a partir do segundo semestre de 2019 e continuam recomendando a compra.

A Coinvalores, avalia que, fazendo um exercício rápido, considerando o desembolso projetado pela Klabin e um nível relativamente estável de geração de caixa nos próximos anos, a alavancagem da companhia vai subir com o capex do Puma II, mas deve ficar abaixo do patamar de quando a companhia estava investindo no projeto Puma I.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por - 17/04/2019 - 11:01

Cotações Crypto
Pela Web