Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Ledger Live acrescenta suporte e staking para Tezos

11/12/2019 - 14:47
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Ledger, pioneira em soluções de segurança e de infraestrutura para aplicações de criptoativos e de blockchain, anunciou que vai acrescentar suporte e staking para Tezos (Imagem: Ledger Live)

Agora, o produto Ledger Live possui suporte para tezos (XTZ), permitindo que os usuários gerenciem suas moedas e aumentem seus ativos ao fazer staking, tudo em um só lugar.

Os usuários podem conferir seu balanço, enviar e receber 23 criptomoedas e mais de 1.250 tokens de ERC-20 em tempo real em um só aplicativo. A custódia de todos os ativos é controlada pelo usuário.

Tezos é o primeiro protocolo proof-of-stake (“prova de saldo”) para o qual os detentores de tokens podem delegar tokens para os validadores da rede na Ledger Live.

Enquanto fazer staking em uma corretora expõe os usuários a ameaçadas de segurança, com a Ledger, staking é possível por meio de um único aplicativo sem comprometer o controle das chaves privadas.

“Staking” é a retenção de fundos em uma carteira de criptoativos para apoiar as operações em uma rede de blockchain (Imagem: Binance Academy)

Benefícios do staking

Tezos é um blockchain de proof-of-stake excepcional que está desbravando um novo tipo de modelo de governança. Os detentores de tokens da Tezos trabalham juntos para tomar decisões a fim de melhorar o protocolo ao longo do tempo.

Isso é para evitar situações como hard-forks (“bifurcações drásticas”) hostis ao acelerar as melhorias de desempenho.

Tezos permite que os usuários ganhem recompensas por contribuir com a segurança da rede, um processo chamado de staking (“baking” — assar em português — na Tezos).

“Staking” é descrito como uma maneira de os detentores ganharem renda passiva. O processo de staking é parecido com o juro pago por um banco sobre os fundos em sua conta bancária.

Blockchains com proof-of-stake têm implicações de investimento poderosas porque oferecem renda passiva por cumprimento de tarefas simples como votação. Barreiras incluem capacidade técnica e considerações de armazenamento de ativos.

Custodiantes regulatórios atendem a empresas avessas a risco em busca de exposição para redes de participação focadas em cripto, como Tezos, Decred ou Augur, sem ter que lidar elas mesmas com o armazenamento ou tarefas de participação.

Coinbase Custody opera como uma empresa independentemente capitalizada e autônoma à Coinbase Inc. Coinbase Custody é uma fiduciária sob a Lei Bancária do Estado de Nova York. Todos os ativos digitais são segregados e detidos com responsabilidade para benefício de seus clientes (Imagem: Youtube/Coinbase)

Coinbase Custody

Em março de 2019, a Coinbase começou a oferecer baking (staking) de Tezos para os clientes institucionais da Coinbase Custody, criada para fornecer um parceiro de confiança a fim de gerenciar e armazenar criptoativos em nome de seus clientes.

A solução da Tezos para a Coinbase ganhou atenção, pois oferece staking off-line e participação na governança com as funções técnicas complementadas pela Coinbase em nome do cliente.

Na Coinbase Custody, todos os fundos de tezos são armazenados off-line. A equipe da Coinbase realiza as ações de participação da rede necessárias para gerar a renda passiva. Coinbase Custody oferece serviços de staking como uma atividade fiduciária arbitrária para seus clientes.

Os clientes terão a oportunidade de participar nas decisões de governança off-line usando o modelo Smartproxy da MakerDAO. Tanto as opções de governança off-line da Maker como da Tezos são fornecidas pela Coinbase Custody.

Os usuários da Ledger Live terão governança off-line para gerenciar seus ativos e aumente a quantidade deles por meio de “baking” (Imagem: Ledger Live)

Integração na Ledger Live

Apesar de o staking de tezos estar disponível agora na Coinbase e em outras grandes corretoras, agora os usuários podem gerenciar e ganhar recompensas em tezos na Ledger Live enquanto ainda garantem o máximo de segurança por meio de suas carteiras hardware da Ledger.

Ledger fornece mais controle de staking aos usuários, pois permite que selecionem validadores em uma longa lista baseada na preferência de usuário.

Em setembro, a Ledger anunciou suporte nativo para mais de 1,250 tokens ERC-20 enquanto continuam a criar produtos que permitem aos usuários serem “seu próprio banco”.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 31/05/2020 - 15:51