Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lucro líquido da Movida despenca 93,7% no 2° trimestre e vai a R$ 2,6 milhões

13/08/2020 - 9:34
Movida
A empresa foi apoiada por diversas instituições financeiras, captando mais de R$ 1 bilhão em novos recursos (Imagem: Divulgação/Movida/Facebook)

Movida (MOVI3) encerrou o 2° trimestre de 2020 com lucro de R$ 2,6 milhões, que representa um derretimento de 93,7% na comparação com abril a junho do ano passado, quando a empresa do setor de aluguel de carros lucrou 41,5 milhões.

Ainda assim, o desempenho da companhia melhorou em relação ao obtido no 1° trimestre deste ano, visto que a Movida havia reportado um prejuízo de líquido de R$ 114,4 milhões.

De acordo com balanço divulgado na noite desta quinta-feira (12),  a receita líquida da companhia cresceu 5,8% no período em relação a um ano antes, em que a foram consolidados R$ 1,011 bilhão e R$ 990,4 milhões, respectivamente.

“Nossa estrutura de capital também foi fortalecida durante a pandemia e fechamos o trimestre com um caixa acima de R$ 1,7 bilhão, sustentado em grande parte pelo volume de vendas de Seminovos”, destaca a administração da Movida.

A empresa foi apoiada por diversas instituições financeiras, captando mais de R$ 1 bilhão em novos recursos, além do alongamento de R$ 130 milhões em dívidas.

O indicador que acompanha a geração de caixa (ebitida, na sigla em inglês), permaneceu praticamente estável no trimestre anterior, revelando apenas um recou de 0,1%, totalizando R$ 151,3 milhões em 2020 e R$ 151,4 no ano passado.

A taxa de ocupação de veículos fechou em 72,9% no 2° trimestre uma queda de 0,7 pontos percentuais em relação ao mesmo intervalo em 2019, com frota final de 66.025 carros.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 13/08/2020 - 9:34