Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Madero: Fundo Madri volta a investir na empresa, após IPO adiado

22/11/2021 - 8:20
Madero
Madero informou um acordo no qual o fundador da companhia se comprometeu a vender 2,4 milhões de ações ordinárias da empresa. (Imagem: Facebook/Madero)

O fundo Madri, da gestora americana Carlyle, fechou um acordo com a rede de restaurantes Madero para realizar um aumento de capital na companhia no valor de R$ 300 milhões. O fundo já detinha uma fatia de 22% na empresa desde 2019.

O acordo é anunciado após a empresa fundada em 2005 pelo empresário Luiz Durski Junior adiar a abertura de capital na B3, a bolsa brasileira, em meio a uma deterioração do mercado acionário local. A companhia buscava recursos para pagar dívidas e expandir os negócios.

Além de vender novas ações para o aumento de capital, o Madero informou um acordo no qual o fundador da companhia se comprometeu a vender 2,4 milhões de ações ordinárias da empresa.

Uma vez concluídas as operações, o controle do Madero permanecerá detido por Durski Junior, disse a empresa.

“A realização das operações aqui divulgadas, notadamente o aporte de capital pelo Madrid FIP na companhia, está sujeita ao cumprimento de condições suspensivas usuais, incluindo a deliberação pela assembleia geral da companhia”.

O Madero reportou um prejuízo líquido de R$ 115,2 milhões em 2021, até setembro. A dívida líquida da companhia totalizou R$ 981,1 milhões no período, aumento de 80,5% na comparação anual, em um reflexo da pandemia e da estratégia de expansão do negócio.

Veja o comunicado divulgado pela empresa:

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Kaype Abreu - 22/11/2021 - 8:20

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web