Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Mais de 99% de todas as taxas de blockchain são pagas a mineradores das redes Bitcoin e Ethereum

18/06/2020 - 13:45
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Segundo Ryan Watkins da Messari, mais de 99% das taxas pagas aos mineradores, para que estes transmitam transações à rede, acontecem mais no Bitcoin e na Ethereum, e não em outros blockchains públicos (Imagem: Freepik/macrovector)

Taxas são um dos assuntos mais controversos no mundo dos blockchains públicos.

Pergunte a uma pessoa e ela dirá que taxas são necessárias porque demonstram forte demanda por espaço em blocos. Pergunte a outra e ela dirá que prefere baixas taxas porque fornecem aos usuários maior acesso ao espaço em blocos.

O debate é contínuo e merece uma discussão mais aprofundada. Porém, agora, uma coisa é certa: entre a falta de demanda e maior capacidade de espaço em blocos, todos os blockchains, exceto por Bitcoin e Ethereum, geram muito poucas taxas a mineradores.

Mais de 99% de todas as taxas de blockchain são pagas apenas a mineradores das redes Bitcoin e Ethereum. Taxas em outros blockchains públicos nem são visíveis em um gráfico que contém dados sobre os blockchains Bitcoin e Ethereum.

(Imagem: Portal Messari)

Dogecoin, a querida moeda que surgiu como um meme, gera mais taxas do que quase todos os blockchains públicos, excluindo Bitcoin e Ethereum. Taxas diárias nesses blockchains raramente ultrapassam US$ 1 mil.

(Imagem: Portal Messari)

Por enquanto, grande parte dos blockchains estão disponíveis para uso gratuito.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 18/06/2020 - 13:45