Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Malásia investiga fraude em certificação de carne halal

30/12/2020 - 17:22
A certificação halal confirma que os produtos foram preparados de acordo com a lei islâmica e tem grande importância para muçulmanos ao redor do mundo e na Malásia, onde representam cerca de 60% da população (Imagem: Pixabay/jorono)

Um escândalo de fraude no mercado de carnes abalou a Malásia depois que uma reportagem de um jornal local revelou que um cartel supostamente subornou inspetores da alfândega para contrabandear todos os tipos de carne com certificação halal, gerando indignação no país de maioria muçulmana.

Por mais de 40 anos, os conspiradores supostamente subornaram funcionários do alto escalão de várias agências governamentais para importar carne de unidades de abate não certificadas para fornecer produtos halal, incluindo da China, Ucrânia e América do Sul, de acordo com o New Straits Times, que publicou a informação pela primeira vez. Algumas das importações incluíam carne de canguru e cavalo, que eram então misturadas e vendidas como carne halal.

A certificação halal confirma que os produtos foram preparados de acordo com a lei islâmica e tem grande importância para muçulmanos ao redor do mundo e na Malásia, onde representam cerca de 60% da população. Também é um grande negócio: o país tenta se tornar um centro global para o mercado halal internacional de US$ 2,3 trilhões. Atualmente, o país exporta cerca de US$ 9 bilhões em produtos com certificação halal, incluindo alimentos, cosméticos e produtos farmacêuticos para a China, Cingapura, Estados Unidos, Japão e outros países.

A reportagem não identifica nenhum membro do cartel pelo nome e um foi preso. A polícia prometeu uma investigação abrangente que incluirá todas as partes da cadeia de contrabando, armazenamento e processamento. O país também avalia estabelecer uma Comissão Real de Inquérito, que o ministro de assuntos religiosos disse ser a melhor maneira para investigar a questão e responder às preocupações dos muçulmanos no país.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 30/12/2020 - 17:22

Pela Web