Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Mesmo sem privatização, Sanepar está distante dos seus pares, diz BTG

26/08/2020 - 18:50
Sanepar
Na tarde da última terça-feira (26), a Agepar (Agência Reguladora do Paraná) aprovou um aumento tarifário de 9,63% (Imagem: Sanepar/Divulgação)

Mesmo sem ter um projeto de privatização no curto prazo, a Sanepar (SAPR11) está distante de outras empresas de saneamento, sendo negociada próximo a 0,7 vezes o EV/RAB (valor de mercado mais dívida líquida sobre RAB, que significa base de ativos regulatórios), calcula o BTG Pactual em relatório enviado a clientes.

Na tarde da última terça-feira (25), a Agepar (Agência Reguladora do Paraná) aprovou um aumento tarifário para a empresa de 9,63%. A elevação já era prevista, mas foi postergada com a crise do coronavírus. Segundo a corretora, a medida foi positiva e o valor maior do que o esperado.

“Uma forma de aumento tarifário acima da inflação nos diz que o componente de diferimento foi incluído no cálculo, o que ajuda a diminuir o ceticismo no repasse completo”, afirmaram os analistas Joao Pimentel e Fillipe Andrade.

Além disso, segundo a dupla, o impacto causado pelo atraso do reajuste tarifário a partir de maio também poderia ser compensado na revisão tarifária do próximo ano.

As ações da Sanepar dispararam 9% na última terça-feira após o anúncio da Agepar.

“Segundo a Agepar, perdas de receita decorrentes da aplicação não do índice na base de dados do ser objeto de análise quando do início do processo de revisão tarifária, previsto para o ano de 2021”, disse a empresa em fato relevante.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 26/08/2020 - 22:06