MetaMask, popular carteira Ethereum, adota nova licença de software visando oportunidades comerciais

24/08/2020 - 7:51
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
metamask
A empresa que fornece carteira para a rede Ethereum deseja evitar que grandes entidades se aproveitem do código aberto desenvolvido para seu serviço (Imagem: MetaMask)

MetaMask, o popular serviço de carteira Ethereum, migrou seu código aberto sob uma nova licença limitada.

Em uma publicação, MetaMask explicou que, “apesar de softwares de código aberto solucionarem problemas compartilhados, a compensação justa para a manutenção desses bens da comunidade continuam sendo um problema”.

O código do MetaMask havia sido originalmente publicado sob uma licença permissiva do MIT, que permite que desenvolvedores o bifurquem e reutilizem com restrições muito limitadas.

No entanto, sua nova licença busca evitar que entidades comerciais — as que possuem mais de dez mil usuários ativos mensais — usem seu software de graça.

Segundo MetaMask, a licença o protege de “aproveitadores ou competidores de exercer controle monopolístico”.

Embora a publicação não especificamente dê exemplos desses aproveitadores ou competidores, Jacob Cantele, chefe de produtos da MetaMask, citou o navegador favorável a cripto e carteira Brave.

“Temos que conseguir competir com navegadores que bifurcaram MetaMask, estejam realizando suas próprias bifurcações, enquanto tornamos MetaMask difícil de usar (mesmo quando estiver explicitamente instalado)”, explicou Cantele em um tuíte.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 24/08/2020 - 7:52

Pela Web