AgroTimes

México suspende exportações de carne suína do Brasil; ABPA lamenta decisão

29 nov 2023, 11:47 - atualizado em 29 nov 2023, 11:47
carne suina méxico
México responde pelo 11° destino das exportações brasileiras de carne suína; suspensão ocorre em meio à inflação no país (Imagem: Reuters)

O México suspendeu as exportações de carne suína do Brasil, após contestação por produtores locais sobre os procedimentos realizados para a abertura de mercado da proteína ao país.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) lamentou a decisão tomada pela Justiça do México, que suspende a importação de carne suína do Brasil e prejudica, em especial, a oferta de produtos para a população mexicana, especialmente em momento de crise inflacionária no país.

O México figura entre os três maiores importadores de carne suína do mundo, importando 48% de sua demanda, sendo 90% apenas de um único fornecedor.

Neste contexto, o Brasil vinha atuando como alternativa aos parceiros mexicanos, suprindo, em especial, necessidades da indústria de processamento mexicana que, inclusive, agrega valor localmente.

Diante disso, a ABPA apoiará o governo brasileiro nas tratativas para o repasse de informações às autoridades mexicanas, para o restabelecimento do fluxo dos embarques da carne suína ao país da América do Norte.

Segundo a ABPA, as autoridades mexicanas e brasileiras cumpriram integralmente os procedimentos para o início dos embarques, e os produtores brasileiros cumprem integralmente os regulamentos sanitários determinados ao comércio, não havendo até o presente momento nenhum problema de ordem sanitária nos carregamentos brasileiros.

O mercado do México foi oficialmente aberto recentemente com a habilitação de sete plantas brasileiras, com os primeiros embarques realizados em fevereiro deste ano.

Dessa forma, até outubro, foram exportadas 23 mil toneladas, posicionando o México como 11° destino das exportações brasileiras de carne suína.

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.