Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Minério de ferro na China tem recuperação e registra maior alta diária em 7 meses

11/02/2020 - 9:05
Minério de ferro Mineração Commodities
O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian, para maio, fechou em alta de 4,4% (Imagem: Unsplash/@vince_erhart)

Os futuros de produtos de aço e matérias-primas se recuperaram nesta terça-feira, com o minério de ferro fechando no maior avanço diário em sete meses, à medida que o sentimento do mercado foi impulsionado por dados mostrando uma queda no número de casos de um novo coronavírus.

Embora o número de vítimas da epidemia no vírus na China tenha subido para acima de 1.000, houve 2.097 novos casos na segunda-feira província de Hubei, a mais atingida, abaixo dos 2.618 no dia anterior.

Na China continental, foram 2.478 novos casos confirmados em 10 de fevereiro, contra 3.062 na véspera, levando o total a 42.638.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian, para maio, fechou em alta de 4,4%, a 605,50 iuanes (86,80 dólares), o maior ganho diário desde o início de julho.

Na bolsa de Cingapura, o contrato mais negociado do minério de ferro, para março, saltava 4,6% à tarde, para 83,47 dólares.

“Acho que é um pouco um rali de alívio, uma vez que a China registrou menos casos confirmados pelo país, gerando esperanças de que a disseminação do vírus possa ser contida”, disse a analista Helen Lau, da Argonaut Securities, em Hong Kong.

O contrato de referência em Dalian havia perdido 12% entre 3 de fevereiro e segunda-feira, após um feriado de Ano Novo Lunar prolongado, devido a preocupações com a demanda na China, maior produtora global de aço.

No aço, o contrato do vergalhão na bolsa de Xangai fechou em alta de 2,7%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 11/02/2020 - 9:05