Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Mirae atualiza carteira trocando Iochpe, Suzano e Vale por BRF, CCR e Petrobras

01/08/2018 - 13:52

Por Investing.com – A Mirae Asset atualizou as carteiras recomendadas de ações para agosto, com a Carteira Meta com a entrada de BRF (BRFS3), CCR (CCRO3) e Petrobras (PETR4), com a saída de Iochpe-Maxion (MYPK3), Suzano (SUZB3) e Vale (VALE3). Em julho, o rendimento da Meta em julho foi de 7,1%, contra 8,9% do Ibovespa.

A corretora destaca que mês de julho o Mercado acionário operou influenciado pelas férias nos países do hemisfério norte, gerando redução global de liquidez. Associado a este fator não faltaram temas para gerar apreensão entre os investidores. De cara a ameaça do presidente Trump em levar uma guerra comercial adiante entre os EUA contra Europa e China ganhou proporções não esperadas e por vários pregões ao longo do início do mês determinou pressão no mercado acionário global.

Próximo ao final do mês um encontro entre Trump e Jean Claude Juncker trouxe boas notícias na relação comercial entre EUA e Europa na questão de importação de veículos e acalmou os ânimos próximos ao final do mês sobre este tema. A questão do FED ter anunciado que ainda irá realizar dois aumentos na taxa de juros neste ano também trouxe preocupação em um primeiro momento, mas Powell conseguiu acalmar os agentes do mercado quando citou que não existe necessidade de acelerar o processo de normalização na economia daquele país, que por sinal segue em franca evolução econômica, com pleno emprego e bons indicadores de atividades. No velho continente a reunião do BCE sobre juros não trouxe novidade e a sinalização de Mario Draghi para finalizar o programa de estímulo segue no radar ainda para este ano.

Para o mês de agosto os analistas acreditam que o tema guerra comercial volte a preocupar os investidores em algum momento, já que diante da busca de Trump em gerar condições mais favoráveis à balança comercial dos EUA, possa voltar a sobretaxar novos produtos de sua ampla lista de países parceiros comerciais.

Em termos de economia global, a visão é que o cenário de crescimento não seja afetado de forma abrupta no curto prazo e os indicadores de atividades nos EUA, China e Europa devem continuar apontando para um cenário benigno, o que se mostra um fator positivo para os mercados de risco.

A safra de resultados corporativos do 2T18 entra em sua reta final e a Mirae espera que uma maior parte dos números divulgados mostre uma situação favorável para as empresas de capital aberto, mesmo com os impactos de câmbio e greve dos caminhoneiros.

No Brasil, a expectativa é que possa ter uma importante participação no comportamento do Ibovespa venha do lado político, já que o processo partidário já tenha avançado em relação a definição do time de apoio dos presidenciáveis, lembrando que a propaganda eleitoral se inicia no dia 31 de agosto e termina em 4 de outubro.

Até lá inúmeras pesquisas serão divulgadas e como em todo ano em que ocorrem eleições para presidente o mercado acionário passa a ser influenciado de maneira mais significativa pelo sobe e desce no ranking de candidatos. Neste ambiente a Mirae espera que o mês de agosto mostre uma volatilidade acima do normal, mas que não representa um cenário não favorável aos investidores de risco.

Carteira Meta:

BRF (BRFS3)
CCR (CCRO3)
Itaú (ITUB4)
Petrobras (PETR4)
Via Varejo (VVAR11)

Carteira Dividendos

AES Tietê (TIET11)
Banrisul (BRSR6)
Cemig (CMIG4)
Telefônica (VIVT4)
Vale (VALE3)

Carteira Small Caps

BR Malls (BRML3)
Fleury (FLRY3)
Iochpe-Maxion (MYPK3)
MRV (MRVE3)
Via Varejo (VVAR11)

Última atualização por Victor Fermino - 01/08/2018 - 13:53

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto