Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Moura Dubeux faz escalas em três capitais do Nordeste, com VGV de R$ 307 milhões

11/12/2020 - 10:11
Moura Dubeux MDNE3
Considerando os últimos lançamentos, a Moura Dubeux encerra o ano de 2020 com 10 projetos lançados (Imagem: Divulgação/Moura Dubeux)

A Moura Dubex (MDNE3) anuncia o lançamento de quatro empreendimentos imobiliários espalhados por três capitais do Nordeste, sob o regime de condomínio, todos focados no público de alta renda e localizados em áreas nobres das suas respectivas cidades, conforme fato relevante enviado ao mercado nesta sexta-feira (11).

Em de Salvador, capital da Bahia, a construtora lançou dois projetos. No dia 30 de novembro, o empreendimento Olhar Caminho das Árvores, localizado no bairro Caminho das Árvores, possui apartamentos de 130m² e 160m² com 3 ou 4 dormitórios, totalizando um VGV (Valor Geral de Vendas) bruto e Líquido de R$ 75 milhões

Já no dia 01 de dezembro, foi lançado o Mirat Martins de Sá, localizado no bairro do Horto, com apartamentos que possuem 4 dormitórios e área de 253m², totalizando um VGV bruto de R$ 78 milhões e VGV líquido de R$ 72 milhões.

Na cidade de Recife, capital do Estado de Pernambuco, a Moura Dubeux trouxe no dia 02 de dezembro, o empreendimento Verdano, localizado no bairro de Boa Viagem, com apartamentos de 86m² a 108m², com 3 dormitórios e totaliza um VGV bruto de R$ 61 milhões e VGV líquido de R$ 44 milhões.

Na capital cearense, foi lançado no dia 09 de dezembro, o empreendimento Atiz, localizado no bairro Meireles, tendo apartamentos de 155m² e 188m², com 4 dormitórios, totalizando um VGV bruto de R$ 93 milhões e VGV líquido de R$ 76 milhões.

Considerando os últimos lançamentos, a Moura Dubeux encerra o ano de 2020 com 10 projetos lançados, todos no 2º semestre, somando R$ 769 milhões em VGV bruto e R$ 654 milhões em VGV líquido.

Votos para 2021

Moura Dubetex
O Credit Suisse elevou o preço-alvo da empresa de R$ 12,50 para R$ 15 (Imagem: Moura Dubetex/Linkedin)

A Moura Dubex deverá surfar na forte demanda do setor imobiliário no Nordeste, apontam analistas.

A empresa, que fez o seu IPO recentemente, opera em estados como Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia.

Com isso, o Credit Suisse elevou o preço-alvo da empresa de R$ 12,50 para R$ 15, com recomendação de compra. Os analistas do banco, Daniel Gasparete e Pedro Hajnal, também levaram em consideração os fortes resultados divulgados no terceiro trimestre.

Veja o fato relevante da Moura Dubeux:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 11/12/2020 - 10:14

Cotações Crypto
Pela Web