Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Movida já vê a Covid-19 pelo retrovisor e justifica favoritismo de analistas

23/02/2021 - 16:43
Movida
Pisando fundo: Movida gerou mais caixa, mesmo faturando menos (Imagem: Facebook/Movida Aluguel de Carros)

O balanço do quarto trimestre divulgado pela Movida (MOVI3) nesta terça-feira (23) foi bem recebido pelos analistas. Para o Banco Safra, por exemplo, os números mostram que a empresa já deixou a pandemia de coronavírus para trás.

Luiz Peçanha, que assina o relatório do Safra, sublinha que o salto de 65% no lucro líquido trimestre, na comparação com um ano atrás, e uma evolução ainda mais impressionante, de 272% sobre o terceiro trimestre de 2020, indicam uma “recuperação da pandemia”.

O Safra reforçou a recomendação de compra para as ações da Movida, com preço-alvo de R$ 22,50, o que embute uma alta potencial de 20% sobre o fechamento de ontem (22). O banco sublinhou ainda que o papel é seu favorito no segmento de locação de automóveis.

Mais caixa por real faturado

Um dos pontos que agradaram o analista foi a capacidade de a companhia elevar seu ebitda em 16%, na comparação dos quartos trimestres de 2019 e 2020, mesmo com um ligeiro recuo de 1% na receita líquida.

Abrão Filho aumenta 135% sua receita em 2021

Isso foi possível, segundo o banco, devido ao ganho de escala da operação, com a abertura de mais três lojas, o que permitiu uma redução de 15% nos custos totais.

Mesmo a venda de seminovos, que recuou 10% em receita, trouxe alguns números positivos, de acordo com o Safra. A queda de 27% no número de automóveis comercializados foi compensada pelo aumento de 25% do seu preço médio, que alcançou R$ 50,1 mil por veículo.

“O mais importante é que a área melhorou sua margem bruta em 13,6 pontos percentuais, para 19,4%, enquanto as despesas gerais e administrativas caíram 23%, levando a uma margem de ebit da divisão de seminovos para 10,8%, representando um crescimento de 10,9 pontos percentuais”, afirma o analista.

Resultados

A Movida encerrou 2020 com lucro líquido ajustado de R$ 233,6 milhões. A cifra é 2,5% maior que a de 2019.

A comparação entre o quarto trimestre de ambos os anos é ainda mais expressiva. O lucro líquido ajustado desse período, em 2020, somou R$ 138,7 milhões, um salto de 65% sobre os R$ 84,1 milhões de 2019.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 23/02/2021 - 16:43

Pela Web