Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Na sessão do Plenário, deputados comentam mudança de comando na Petrobras

23/02/2021 - 17:36
Câmara dos Deputados
Sessão do Plenário da Câmara dos Deputados (Imagem: Najara Araújo/Câmara dos Deputados)

Na sessão do Plenário da Câmara, deputados discutiram a decisão do presidente Jair Bolsonaro de mudar o comando da Petrobras (PETR4), anunciada na semana passada, com a troca de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna na presidência da estatal.

A decisão levou à queda do valor de mercado da empresa e chegou a ser questionada pelo procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Rocha Furtado. O deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS) ressaltou que a atuação de Bolsonaro fez a petroleira perder R$ 100 bilhões em poucos dias.

Para a deputada Gleisi Hoffman (PT-PR), a decisão do presidente da República não vai levar à queda no preço dos combustíveis. “Para baixar o preço da gasolina e do diesel, ele precisa mudar a política de preços da Petrobras”, disse.

Segundo ela, a definição de preço leva em conta o custo internacional do barril e o valor de importação do combustível, ainda que seja produzido no Brasil.

O deputado Henrique Fontana (PT-RS) e a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) também cobraram a mudança na política de preços da empresa.

Defesa

A mudança de comando foi celebrada pelo deputado Reinhold Stephanes Junior (PSD-PR), que parabenizou o general escolhido por Bolsonaro. “Com sua inteligência e correção, tenho certeza de que a Petrobras vai novamente melhorar sua lucratividade e ajudar os brasileiros com preços mais justos para os combustíveis e o gás”, disse.

Ele destacou a atuação do general Silva e Luna na Itaipu e disse que a expectativa é que o novo presidente da Petrobras diminua os cargos em comissão e, assim, os gastos da petroleira.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 23/02/2021 - 17:36