Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Natura adere ao Pacto Global da ONU

22/09/2020 - 11:33
natura
A Natura&Co foi convidada pela organização a patrocinar duas iniciativas: “Ambition to 1.5C”, voltada para a crise climática, e “Target Gender Equality”, que busca a igualdade de gênero (Imagens: REUTERS/Paulo Whitaker)

Roberto Marques, presidente-executivo da Natura&Co (NTCO3), é um dos líderes empresariais que passaram a integrar o Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), maior iniciativa de sustentabilidade do mundo.

“Agora, mais do que nunca, enquanto planejamos reconstruir um mundo melhor pós-covid-19, os líderes empresariais de todos os setores devem trabalhar juntos para criar um caminho claro em direção a um ambiente mais sustentável e a uma sociedade mais inclusiva”, disse Marques. “Tenho a honra de continuar o legado de Guilherme Leal ao ingressar no conselho do Pacto Global da ONU”.

A Natura&Co foi convidada pela organização a patrocinar duas iniciativas: “Ambition to 1.5C”, voltada para a crise climática, e “Target Gender Equality”, que busca a igualdade de gênero. As iniciativas são programas aceleradores com prazo estabelecido em nível nacional e tem a colaboração das Redes Locais do Pacto Global, presentes em quase 70 países.

Em junho deste ano, a companhia anunciou o Compromisso com a Vida, um plano para intensificar as ações do grupo quanto aos problemas climáticos e à proteção da Amazônia. Até 2030, a Natura&Co espera reduzir suas emissões líquidas de carbono a zero em seus quatro negócios.

O Compromisso com a Vida também preza pela defesa dos Direitos Humanos e pela garantia da igualdade e inclusão de toda rede da empresa.

Sanda Ojiambo, CEO mundial e Diretora Executiva do Pacto Global da ONU, afirmou que a participação da Natura ajudará a elevar o nível de ação das empresas com questões relacionadas a sustentabilidade e governança.

“A Natura&Co tem demonstrado de forma consistente seu compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) por meio de suas práticas de negócios, e por isso estamos muito contentes pelo grupo ser um parceiro dos programas ‘Ambition 1.5C’ e ‘Target Gender Equality’ do Pacto Global da ONU”, concluiu.

Banco Inter
O Banco Inter também aderiu ao Pacto Global da ONU (Imagem: Divulgação/Inter)

Novo membro

Além da varejista de cosméticos, o Banco Inter (BIDI4;BIDI11) comunicou ontem sua adesão ao Pacto Global. O CEO João Vitor Menin assinou a declaração que visa a cooperação global entre líderes empresariais para promover práticas sustentáveis nos negócios.

Dentro de sua proposta e modelo de negócio, o Banco Inter tem progredido com alguns Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) presentes na Agenda 2030 da ONU. Dentre os destaques estão a transformação digital e a adoção de uma operação mais ecoeficiente, baseada na redução de intermediários e gastos com agências bancárias.

Como participante, o Banco Inter tem permissão para atuar em programas locais e internacionais voltados a diversas áreas, como Água, Alimentos e Agricultura, Anticorrupção, Direitos Humanos e Trabalho, Energia e Clima.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 22/09/2020 - 11:33