Comprar ou vender?

Natura (NTCO3): A possível consequência da venda da rede The Body Shop

28 ago 2023, 12:20 - atualizado em 28 ago 2023, 12:22
Natura, NTCO3, ações, dividendos
Intenção da Natura é simplificar e melhorar sua estrutura de capital. (Imagem: Money Times/Divulgação)

A venda da The Body Shop seria positiva para a Natura & Co (NTCO3) porque poderia reduzir o risco de execução operacional da empresa e melhorar resultados consolidados nos próximos anos, disse o Itaú BBA nesta segunda-feira (28).

Há pouco, a varejista de cosméticos informou que o conselho de administração da empresa autorizou a diretoria explorar alternativas estratégicas para a The Body Shop, incluindo uma potencial venda do negócio.

Por volta das 12h20, as ações da Natura subiam 1,8%, a R$ 15,56, arrefecendo a alta de mais cedo, acumulando ganhos de 46% neste ano. O Ibovespa avançava 0,26% no mesmo horário, aos 116,1 mil pontos. 

Os analistas Thiago Macruz e equipe destacaram que a intenção da Natura é simplificar e melhorar sua estrutura de capital.

Na semana passada, eles reiteraram a recomendação outperform  para a empresa, a um preço-alvo de R$ 21 – potencial alta de 35%. No relatório, o Itaú BBA reduziu as estimativas de receita da rede The Body Shop para R$ 4,1 bilhões em 2023 (contra R$ 4,3 bilhões da projeção anterior) e R$ 4,5 bilhões em 2024 (ante estimativa de R$ 4,7 bilhões).

Com os números consolidados, a Natura chegaria a R$ 32,7 bilhões de receita líquida neste ano e a R$ 32,9 bilhões em 2024, ainda de acordo com o banco.

A Natura registrou R$ 731,9 milhões de prejuízo líquido atribuível a acionistas no segundo trimestre deste ano, resultado 4,6% melhor em relação aos números apresentados no mesmo período de 2022.

Editor
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.