Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Nicholas Sacchi: conclusão da nossa semana especial de lançamento e o que esperar daqui em diante

27/01/2020 - 13:30
Nesta coluna de encerramento da semana de lançamento do Crypto Times, o especialista Nicholas Sacchi faz um compilado e um agradecimento aos colunistas convidados. Confira!

Por Nicholas Sacchi, da Empiricus Research

A decisão de fundar o Crypto Times não se deu de forma linear.

O que quero dizer é que não nos sentamos numa sala de reunião (eu, o André e o pessoal do Money Times) e dissemos: “bem, senhores, acredito que temos uma grande oportunidade pela frente. Estudando os principais portais de conteúdo desse mercado, encontramos um gap interessante a ser explorado”.

Imagina! A coisa toda surgiu de forma muito mais espontânea: primeiro, por uma necessidade que identificamos de expandir nossos veículos de comunicação com os nossos leitores e, segundo, pela vontade que sempre tivemos de profissionalizar o mercado brasileiro de produção conteúdo relacionado a criptoativos.

A princípio, nossa ideia era escolher um dos grandes portais estrangeiros que se propõe a construir conteúdo de alto nível sobre o tema, firmar um acordo de exclusividade nos direitos de tradução, e meramente disponibilizar um excelente material em português a você, leitor.

Demos andamento ao projeto, estabelecemos contato com o parceiro em potencial, trocamos minutas e avançamos semanalmente com a ideia.

Contudo, quando estávamos perto dos “finalmentes”, com o contrato em mãos e o processo de recrutamento de um tradutor profissional já quase finalizado, o portal em questão titubeou e optou por repensar sua estratégia de expansão internacional, jogando boa parte do nosso esforço pelo ralo.

Mas isso não nos abalou. Somos movidos a desafios, antifrágeis por natureza.

Após o baque imediato, sentimos que ali havia uma oportunidade. Da concepção inicial, a proposta evoluiu e, hoje, nossa visão é muito mais ampla. Não seremos apenas uma mera subsidiária de um site estrangeiro. Ah, meu amigo, isso definitivamente não é o que nós somos.

O Crypto Times é um verdadeiro hub de conteúdo dos principais veículos de mídia mundiais relacionados a criptoativos e um portal que pretende mostrar ao mundo quem são os brasileiros que estão fazendo a diferença nesse ecossistema.

Tem muita gente boa nessas terras tupiniquins e há muito conhecimento de primeira qualidade a ser explorado.

A semana de lançamento

Foi justamente por isso que resolvemos fazer uma semana especial de lançamento, com especialistas em diversas áreas do mercado. Dessa forma, evidenciamos o brilhantismo nacional e produzimos um material altamente relevante para você.

Na segunda-feira, trouxemos o Fabrício Tota, diretor do Mercado Bitcoin, falando sobre a trajetória da empresa no caminho para a tokenização de ativos reais de baixa liquidez, como precatórios e consórcios. Além dele, Rudá Pellini, cofundador da Wise&Trust e autor do livro “O futuro do Dinheiro”, explicando como será nossa relação com o dinheiro daqui para frente.

Terça-feira foi dia de João Hazim, da Escola Cripto, explicar a diferença entre Ethereum e Bitcoin, trazendo a questão das dApps como um fator determinante, e de Raymond Nasser, idealizador do fundo de mineração OR Blockchain, tratar sobre mineração de criptoativos e o consumo da energia excedente no mundo.

Já na quarta-feira, Rodrigo Borges abordou com o panorama regulatório no Brasil, trazendo um histórico das regras existentes pela ótica de diferentes “policymakers”, e Alex Nascimento abordou os mecanismos de captação via tokens conhecidos como STOs.

Quinta-feira, contamos com Felipe Sant’Ana, co-fundador da Paradigma Capital e Paradigma Education, que nos iluminou com suas palavras, ensinando como aumentar o valor dos nossos bitcoins e explicando a diferença entre o investimento de risco e a filantropia especulativa. Nesse mesmo dia, tivemos o excelente texto de João Cunha, da Hashdex, explicando qual deve ser o prazo de investimento em criptoativos.

Sextamos com Marcel Pechman, trader profissional e co-fundador do RadarBTC, aprofundando-se nas plataformas de derivativos de cripto, e Axel Blikstad, cofundador e cogestor da BLP Asset, abordando os desafios de se gerir um fundo regulado de criptoativos no Brasil.

E para fechar com chave de ouro, no sábado, tivemos Courtnay Guimaraes, fundador e presidente do Brazilian Blockchain Council do ITS/SP, trazendo as perspectivas do mercado para 2020, e Rodrigo Ventura, cofundador da 88 Insurtech, sobre como blockchain está transformando a indústria de seguros no mundo.

Ao todo, foram 12 dos melhores profissionais do mercado, trazendo a você informações altamente relevantes, cada um em uma face diferente de um mesmo prisma.

Em nome da equipe do Crypto Times, agradeço profundamente a cada um deles e ressalto que terão carta branca para contribuírem sempre quando quiserem com conteúdos para o site.

Inclusive, alguns deles já toparam se tornarem colunistas recorrentes, para a nossa alegria. Com isso, nosso time de colunistas recorrentes, que conta comigo, com o André Franco e com o Lorenzo Frazzon, fica ainda mais forte.

Mais lidos

O troféu pageviews desse lançamento vai para Rodrigo Ventura, com o post intitulado “Como o blockchain vai mudar completamente o rumo da indústria mundial de seguros.

Em segundo lugar, tivemos João Hazim, da Escola Cripto, no artigo “Para entender a Ethereum é preciso entender o Bitcoin sob uma nova perspectiva“. Por fim, o bronze ficou com Courtnay Guimarães, no post “O que esperar do mundo de blockchains em 2020?“.

É claro que esse levantamento não passa de uma brincadeira e não significa que um tema tem maior relevância que os demais. Afinal, todos eles foram produzidos por profissionais de altíssimo nível e, portanto, são todos igualmente interessantes.

Caso queira rever todos os artigos, você os encontra de maneira consolidada aqui.

O que vem pela frente

Estamos trabalhando em mais duas parcerias internacionais com grandes portais referências no tema, sempre com o compromisso de entregar, literalmente, o melhor conteúdo do mundo sobre esse mercado. Se tudo correr bem, faremos o pronunciamento de quem são ainda neste semestre.

Além dos parceiros internacionais, estamos sempre em busca de produtores nacionais também.

Como eu disse no início do texto, o desafio que topamos é posicionar o Brasil na liderança de produção de conteúdo sobre o tema.

Portanto, do nosso lado, você pode esperar consistentemente a entrega de um conteúdo de alto padrão, com conteúdo autoral de qualidade e traduções oficiais dos principais portais do mundo. Afinal, nosso editor-chefe é você e nosso trabalho é acompanhá-lo na longa jornada que vai das criptomoedas aos criptoativos.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 10/02/2020 - 22:35