Novo minerador da Ethereum é lançado com capacidade menor que a esperada

The Block
The Block
01/12/2021 - 8:47
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
ethereum mineração cripto
A fabricante de chips chinesa InnoSilicon havia anunciado as especificações do A11 Pro no início deste ano, mas parece que a realidade ficou um pouco distante do esperado (Imagem: Unsplash/Executium)

Um novo minerador de circuito integrado de aplicação específica (ASIC, na sigla em inglês) para a rede Ethereum está chegando ao mercado, mas parece que não é tão atraente quanto o esperado.

InnoSilicon, fabricante de chips com sede na cidade chinesa de Wuhan, está agora enviando o tão aguardado minerador da Ethereum (ETH), chamado A11 Pro, após as especificações do produto terem sido divulgadas no início do ano.

Na época, o desempenho esperado era de 2.000 megahashes por segundo (MH/s), com uma potência de 2.500 watts (W). Isso significaria uma eficiência de mineração de 1,25 W por MH/s, o que poderia ultrapassar o equipamento mais eficiente do mercado em até 30%.

Porém, com base em cotações para o estoque do A11 Pro por vários distribuidores e corretores de mineração na China esta semana, o novo equipamento apresenta uma taxa de hashes média de 1.500 MH/s, com uma potência de 2.350 W.

Isso significa que a eficiência média é de 1,56 W por MH/s. O minerador A11 Pro pode até ultrapassar o desempenho de todos os equipamentos no mercado neste momento, mas ainda é 20% menos eficiente em comparação com o esperado.

Os preços foram estimados por distribuidores e corretores chineses entre 170 mil a 180 mil yuans, ou cerca de US$ 27 mil, por unidade.

Um lançamento complicado

O lançamento da série A11 de equipamentos da InnoSilicon, de fato, não aconteceu sem complicações.

Em um tuíte, em março, a empresa afirmou que um de seus funcionários conduziu vendas não autorizadas do A11 Pro, afirmando uma eficiência de 1,25 W por MH/s e uma previsão de entrega entre abril e agosto deste ano. O funcionário foi demitido em seguida.

Além disso, o equipamento A11 Pro chegou ao mercado, no momento em que a aposta mais recente para a Ethereum mudar para o modelo proof-of-stake (PoS) indica que isso deverá acontecer até junho de 2022.

Segundo o cálculo do Valor do Minerador ASIC, o período médio até o retorno do investimento sobre A11 Pro é, atualmente, de oito a dez meses, com base na atual dificuldade e preços da Ethereum.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 01/12/2021 - 8:47

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web