Morning Times

Nvidia perde o brilho e derruba bolsas; o que esperar do Ibovespa (IBOV)

24 jun 2024, 7:48 - atualizado em 24 jun 2024, 8:15
nvidia nvda nvdc34 morning times ibovespa
Morning Times: Ações da Nvidia acumulam mais de 6% em perdas nos últimos pregões e mexe com bolsas; Ibovespa está de olho em dados nacionais. (Imagem: Reuters/Mike Blake/File Photo)

A semana já começou negativa para parte das bolsas asiáticas. O motivo: a fabricante de chips Nvidia andou perdendo o brilho nos últimos pregões.

Desde quinta-feira (20), a companhia caiu mais de 6%, após alcançar o posto de empresa mais valiosa do mundo, ao atingir o valor de mercado de US$ 3,34 trilhões e ultrapassar a Microsoft. No pré-mercado desta segunda-feira (24), os papéis da Nvidia caem 2,34%, a US$ 123,60.

A queda nas ações já era esperada pelo mercado devido à disparada dos contratos vinculados aos papéis da companhia antes do vencimento trimestral de opções de ações, índices e futuros.

O movimento de perdas acabou afetando a concorrente TSMC, maior produtora de semicondutores do mundo, que também caiu mais de 3%.

Enquanto a empresa de tecnologia tenta a recuperação, os investidores se preparam para uma semana agitada lá fora. O principal indicador é o Índice de Preço de Consumo Pessoal (PCE, na sigla em inglês), que sai na sexta-feira (28).

Trata-se do índice inflacionário preferido do Federal Reserve e os números podem reforçar uma postura mais contracionista do banco central americano ou dar força para a defesa de que está na hora de começar a cortar os juros.

Além disso, na quinta-feira (27), está previsto o primeiro debate entre Joe Biden e Donald Trump para as eleições dos EUA de 2024.

As bolsas europeias avançam, enquanto futuros de Wall Street operam mistos.

O que esperar do Ibovespa (IBOV)

Por aqui, os próximos dias também prometem ser de emoção: está na agenda a divulgação da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), na qual o Banco Central optou por uma pausa no afrouxamento monetário, com a Selic em 10,50% ao ano.

Além disso, também sai a prévia da inflação, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), Relatório Trimestral de Inflação do BC e taxa de desemprego.

No último pregão, Ibovespa (IBOV) terminou o pregão em alta de 0,74%, aos 121.341,13 pontos, em dia de ajuste de posições. Na semana passada, também houve algo a se comemorar: o índice acumulou alta de 1,40%— e interrompeu a sequência de quatro quedas semanais consecutivas.



Morning Times: Confira os mercados na manhã desta segunda-feira (24)

Bolsas asiáticas

      • Tóquio/Nikkei: +0,54%
      • Hong Kong/Hang Seng: estável
      • China/Xangai: -1,17%

Bolsas europeias (mercado aberto)

      • Londres/FTSE100: +0,39%
      • Frankfurt/DAX: +0,40%
      • Paris/CAC 40: +0,59%

Wall Street (mercado futuro)

      • Nasdaq: -0,08%
      • S&P 500: +0,08%
      • Dow Jones: +0,25%

Commodities

      • Petróleo/Brent: +0,33%, a US$ 84,61 o barril
      • Petróleo/WTI: +0,26%, a US$ 80,94 o barril
      • Minério de ferro (Dalian): -3,11%, a US$ 109,56 por tonelada

Criptomoedas

      • Bitcoin (BTC): -4,88%, a US$ 61.172
      • Ethereum (ETH): -5,10%, a US$ 3.316

Boa segunda-feira e fique de olho no Money Times para acompanhar as notícias do mercado!

Editora-chefe
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.