Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

O conselho do homem mais rico para os investidores: “Não entre em pânico quando o mercado entrar”

Gabriela Mackert Occhipinti
02/05/2022 - 12:01
Musk tuitou um conselho para seus seguidores (Wikimedia Commons)

Elon Musk dividiu um conselho sobre a escolha de ações para os seus seguidores no Twitter (TWTR).

Ele tuitou, neste domingo (1º), para seus mais de 90 milhões de seguidores, que eles comprem ações de empresas que fabricam produtos em que “acreditam” e os aconselhando a não “entrar em pânico” quando o mercado entrar.

“Compre ações de várias empresas que fabricam produtos e serviços nos quais você acredita”, tuitou o CEO da Tesla (TSLA) e da SpaceX. “Só venda se você achar que seus produtos e serviços estão piorando. Não entre em pânico quando o mercado o fizer.” Ele acrescentou: “Isso irá atendê-lo bem a longo prazo.”

O tuite de Musk foi publicado no domingo após a reunião anual de acionistas da Berkshire Hathaway (BERK34) no sábado (30), na qual Warren Buffett e Charlie Munger chamaram a atenção dos jogadores do mercado de ações, descartaram o bitcoin (BTC) como inútil e sublinharam os riscos da inflação, como revela a Business Insider.

Buffett e Munger são céticos de longa data em relação ao bitcoin e às moedas digitais, enquanto o bilionário envolvido na compra do Twitter é próximo das criptomoedas.

O comentário de Musk foi postada no domingo logo depois ele ter comentado em um vídeo da reunião de sábado da Berkshire Hathaway, na qual Buffett estava discutindo os méritos do bitcoin.

O bilionário ironizou, na publicação, o fato de o megainvestidor ter dito bitcoin várias vezes durante a sua fala.

O CEO e homem mais rico do mundo, já havia aconselhado a compra de ações quando a inflação está alta. Em março, depois de discutir o caminho provável para a inflação, Musk disse que era “geralmente melhor possuir coisas físicas como uma casa ou ações de empresas” do que dólares “quando a inflação está alta”, relembrou o Insider.

O bilionário acrescentou: “Eu ainda possuo e não vou vender meu Bitcoin, Ethereum ou Doge fwiw”.

Na semana passada, Musk fechou um acordo para tornar o Twitter privado por US$ 44 bilhões depois de encontrar resistência inicial do conselho da gigante de mídia social.

Ele disse recentemente que quer “tornar o Twitter melhor do que nunca, aprimorando o produto com novos recursos, tornando os algoritmos de código aberto para aumentar a confiança, derrotando os spambots e autenticando todos os humanos”.

O acordo deve ser concluído em 2022, dependendo da aprovação dos acionistas e outros obstáculos regulatórios, disse a empresa anteriormente.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Última atualização por Gabriela Mackert Occhipinti - 02/05/2022 - 12:10

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto