Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

O Dream Team da Bolsa: as 10 ações mais indicadas por 28 analistas em março

05/03/2021 - 11:39
Vale VALE3
Liderança consolidada: Vale se consolida no topo e vira quase unanimidade dos analistas (Imagem: Vale/Marcelo Coelho)

A Vale (VALE3) definitivamente se consolidou como a ação favorita dos analistas, num movimento de ascensão iniciado em meados do ano passado. A mineradora foi incluída em 22 das 28 carteiras recomendadas de março consultadas pelo Money Times, o que a torna quase uma unanimidade.

O BTG Pactual (BPAC11) é uma das instituições que recomendam a Vale. Carlos Sequeira, Osni Carfi e Ricardo Cavalieri, que assinam a carteira recomendada do banco, afirmam que “a história de transformação da Vale nos últimos anos tem sido notável, marcando o renascimento de um gigante da mineração.”

O trio observa que as indenizações acordadas com as vítimas das tragédias de Mariana e Brumadinho e os investimentos em melhores práticas de ESG (a sigla em inglês para meio-ambiente, projetos sociais e governança corporativa) não impedirão a Vale de permanecer “altamente amigável aos acionistas no futuro”, com um retorno de dividendos de 12% projetado para 2021.

Vice-liderança

A B3 (B3SA3) disparou na preferência dos analistas, passando de 12 indicações em fevereiro para 17, o que a coloca na segunda posição entre os papéis mais indicados deste mês. A XP Investimentos é uma das casas que recomenda a ação. Em seu relatório, a gestora explica que, apesar de as ações da B3 apresentarem desempenho abaixo das do Ibovespa, o dados operacionais mostram avanço.

“O número de investidores ativos seguiu crescendo 3,5% mensalmente e 82,2% anualmente, atingindo 3,37 milhões de investidores”, afirma a XP. “Com isso, permanecemos otimistas com a retomada do mercado de capitais e com as baixas taxas de juros.”

Os destaques negativos ficaram com a Petrobras (PETR3; PETR4), que ficou na lanterninha do Top 10, com sete recomendações em março, ante 13 em fevereiro, e o Banco do Brasil (BBAS3), que desabou de nove para apenas três citações.

A perda de prestígios desses papéis é reflexo direto da intervenção do presidente Jair Bolsonaro na Petrobras, com a troca de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim de Silva e Luna, e as ameaças de substituir André Brandão no comando do Banco do Brasil.

O levantamento do Money Times envolveu 28 carteiras recomendadas para março. No total, 93 ativos foram citados, entre ações preferenciais, ordinárias, units e ETFs. O conjunto somou 284 recomendações. Os dez papéis mais indicados concentraram 108 menções.

Participaram do levantamento: Ágora, Ativa, BB Investimentos, Benndorf, BTG Pactual, CM Capital, Easynvest, Eleven, Elite, Empiricus, Exame, Genial, Guide, Inter Research, Itaú BBA, Mirae, MyCap, Necton, Nova Futura, Planner, Safra, Santander, Singulare, Suno, Terra, Toro, XP Investimentos e Warren.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 05/03/2021 - 11:39