Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

A futura atualização da rede Ethereum poderá impulsionar ainda mais o preço da criptomoeda?

03/05/2021 - 15:16
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Com ether acima dos US$ 3 mil, por que muitos mineradores da rede Ethereum estão revoltados sobre a atualização EIP-1559. Irá resultar em taxas menores? (Imagem: Ethereum/Blog)

O otimismo do mercado sobre a iminente Proposta de Melhoria à Ethereum (EIP) 1559 é alta. A atualização fará parte da bifurcação drástica (“hard fork”) chamada London, prevista para julho, e irá reestruturar a difamada estrutura de taxas da rede.

A empolgação sobre a atualização sempre foi um fator no atual ciclo de alta da Ethereum, pois o preço do ether (ETH) subiu 105% desde que a EIP-1559 foi confirmada em 5 de março.

Neste momento, o criptoativo está sendo negociado a US$ 3,3 mil. O preço ultrapassou US$ 3 mil pela primeira vez nessa segunda-feira (3) e continua subindo.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

O que é a EIP-1559?

A EIP-1559 foi proposta por Vitalik Buterin em 2018. Irá substituir o modelo variável de leilão de primeiro preço, atualmente utilizado para decidir as taxas de transação da Ethereum com um modelo-base de taxas mais determinístico.

Espera-se que remova grande parte da volatilidade e incerteza relacionadas ao pagamento de gás — a taxa necessária para conduzir, com sucesso, uma transação na rede.

Também irá apresentar um modelo para a queima de taxas para cada transação, o que pode acrescentar um elemento deflacionário ao ativo ETH e aumentar sua atratividade como um ativo de proteção.

O atual modelo de gás da Ethereum é um modelo simples de leilão chamado de leilão de “primeiro preço”. Nesse modelo, usuários enviam preços de gás que estão dispostos a pagar por uma transação e competem entre si por espaço em um bloco na Ethereum.

Mineradores monitoram esses lances e filtram por quem está disposto a pagar pelo maior preço de gás para maximizarem seus lucros.

Usuários têm de apresentar lances de gás cada vez mais altos durante momentos de congestão e popularidade na rede para serem incluídos em blocos por mineradores. Lances muito baixos possivelmente resultam em uma transação falha e a oferta de gás é desperdiçada.

Esse sistema é ineficiente, não tem transparência e resulta em pagamentos em excesso por transações de usuários.

Desde dezembro de 2020, o preço do gás vem aumentando tanto em dólares como em ether. Isso ocorre por conta de um aumento na demanda para transacionar no blockchain Ethereum, mas a rede não está sendo capaz de escalar de forma eficiente com o atual modelo.

EIP 1559 Gas Fees 1
O preço do gás em ether/gwei (Imagem: Etherscan)

 

EIP 1559 gas fees 2
O preço do gás em dólares (Imagem: CoinMetrics)

A solução da EIP-1559

A implementação da EIP-1559 irá solucionar quatro principais problemas com esse atual modelo de taxas:

– tornar taxas de transação mais previsíveis;

– reduzir atrasos na confirmação de transações;

– melhorar a experiência dos usuários ao automatizar o sistema de lances de taxas;

– criar um loop positivo de feedbacks entre a atividade da rede e o fornecimento de ether.

O novo modelo de taxas sugerido por Buterin adota uma abordagem híbrida para pagamentos de gás. Mantém elementos do modelo de leilões, mas ajusta operações para criar mais segurança nos pagamentos de gás.

EIP-1559 apresenta uma taxa-base para transações na Ethereum. A taxa-base irá representar a taxa mínima que terá de ser paga para que uma transação seja incluída no bloco. A taxa-base será estabelecida por bloco e se tornará mais barata ou cara de acordo com o congestionamento da rede.

EIP-1559 também terá um mecanismo para aumentar a capacidade da rede com base no congestionamento. O limite máximo de gás por bloco na Ethereum irá aumentar de 12,5 milhões para 25 milhões de gás, ou seja, o tamanho do bloco também irá duplicar.

A proposta de atualização visa manter a Ethereum próxima de uma taxa de utilização de 50%. Se a utilização da rede exceder a capacidade de 50%, a taxa-base irá automaticamente aumentar. Se a utilização da rede cair abaixo da capacidade de 50%, a taxa-base diminui.

Esse modelo foi criado para aliviar os aumentos nas taxas de gás e no congestionamento da rede. O limite num tamanho maior de bloco e mecanismos de taxas para ajustar um nível de capacidade de 50% basicamente trocam a alta volatilidade nas taxas de gás pela volatilidade no tamanho de blocos.

É provável que lucros pela mineração de ether caiam

O lucro dos mineradores se dá por seu trabalho em garantir a segurança da rede ao aceitar as transações de milhares de usuários da rede e transmiti-las ao blockchain Ethereum (Imagem: Crypto Times)

Com o novo modelo de taxas, usuários também podem acrescentar uma “gorjeta” aos mineradores além da taxa-base, com uma taxa separada que pode ser oferecida a mineradores para incentivá-los a priorizar uma transação.

Esse mecanismo é similar o modelo de Buterin, onde pagar mais significa que sua transação será confirmada mais rápido.

Existe a possibilidade de mineradores da Ethereum conspirarem para fixar a taxa-base a seu favor, para que toda a taxa-base de cada transação seja queimada. As gorjetas e as recompensas por blocos pela mineração ainda serão recebidas por mineradores.

O novo modelo de gás também tem uma opção de redução de taxas que permitirá que usuários limitem quanto desejam pagar por uma transação específica em vez de terem de esperar até que a taxa-base esteja mais baixa do que a taxa reduzida para que sua transação seja incluída em um bloco.

É provável que os perdedores na implementação da EIP-1559 sejam os mineradores. As novas regras de gás indicam que, em breve, eles irão lucrar menos na verificação de transações.

Quando o congestionamento estava alto no blockchain da Ethereum, mineradores estavam nadando em dinheiro. Havia épocas em que taxas a mineradores eram mais altas do que as recompensas por bloco por conta dos lances mais altos no sistema de taxas.

A nova atualização é favorável aos usuários, que não irão mais gastar tanto para utilizarem a rede, mas será danosa a mineradores, que terão menos lucros (Imagem: YouTube/Ethereum Foundation)

Com o novo sistema de taxas, mineradores irão obter uma recompensa por bloco e a gorjeta, perdendo a taxa-base enquanto, no antigo sistema de gás, eles ganhavam todas as taxas de transação.

O novo modelo está removendo taxas que anteriormente serviam de receita para mineradores e as queimando. Assim, não é surpreendente que muitos mineradores são contra essa atualização.

O mecanismo de queima de taxas também levantou questões entre investidores de ether porque pode fazer com que o ativo se torne deflacionário,

Isso acontecerá se a quantidade de taxas-base geradas e, em seguida, queimadas seja maior do que os novos ether criados como recompensas por bloco. Isso poderá acontecer se a Ethereum estiver constantemente congestionada e as taxas-base estiverem consistentemente altas.

Uma consequência desse mecanismo é que a política monetária da Ethereum se torne confusa e se torne deflacionária ou inflacionária com base em uma métrica variável: o congestionamento da rede.

O maior impacto da EIP-1559 será a simplificação da experiência do usuário nas carteiras Ethereum.

Atualmente, ao utilizarem carteiras como a MetaMask, usuários precisam escolher entre intervalos lentos (baratos), médios e rápidos (caros) de confirmação ou especificar um preço de gás de forma manual.

MetaMask precisa estimar o que constitui uma taxa apropriada de gás para cada um desses intervalos de confirmação. Com EIP-1559, carteiras não terão de estimar taxas de gás, pois irão se basear em taxas-base automaticamente determinadas com base em informações do bloco anterior.

Isso deve simplificar as interações com carteiras e remover grande parte da suposição sobre pagamentos de gás na Ethereum.

A nova proposta de melhoria é uma grande transição. Porém, é improvável que reduz significativamente os preços de gás. É mais provável que isso aconteça com a expansão de soluções de segunda camada e a Ethereum 2.0.

A atualização da rede irá aliviar os picos aleatórios de taxas, criar segurança sobre taxas de gás sendo pagas e evitar que usuários paguem a mais por recursos computacionais na Ethereum.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 03/05/2021 - 15:17

Pela Web