Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Oi: Highline do Brasil bate Vivo, Tim e Claro e dá a melhor oferta pelos ativos móveis

22/07/2020 - 22:59
Oi OIBR3
O acordo de exclusividade tem vigência inicial até o dia 03 de agosto de 2020, podendo ser prorrogado mediante acordo entre as partes (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

A Oi (OIBR3; OIBR4) revelou nesta quarta-feira (22) que a Highline do Brasil apresentou a melhor oferta acima do preço mínimo de R$ 15 bilhões para a aquisição da unidade móvel da operadora, mostra um comunicado enviado ao mercado.

Com isso, explica a empresa, celebrou um acordo de exclusividade com a Highline. O Bank of America atua como o assessor financeiro da Oi.

A Highline, portanto, deixou para trás a oferta conjunta feita, no último sábado, pela Tim (TIMP3), Claro e Vivo (VIVT4).

A gestora de private equity norte-americana Digital Colony é a investidora que atua por meio da Highline.

“Pelo acordo, a companhia concedeu à Highline exclusividade para, observados os termos e condições previstos no acordo e mantidos os termos econômicos da proposta vinculante apresentada, negociar os documentos e anexos relativos à oferta”, diz a Oi.

Após a avaliação de documentos e aprovação, por parte da Oi, a Highline passará a ter o direito de cobrir outras propostas recebidas no processo.

O acordo de exclusividade tem vigência inicial até o dia 03 de agosto de 2020, podendo ser prorrogado mediante acordo entre as partes.

Highline também apresentou uma oferta pelos ativos de telecomunicação outdoor e indoor de transmissão de radiofrequência da Oi por R$ 1,076 bilhão.

Veja o documento:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 22/07/2020 - 23:01