Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Os tuites de Elon Musk que moveram o mercado em 2021

Tamires Vitorio
27/12/2021 - 16:29
(Imagem: Reuters/Joe Skipper/File Photo)

Elon Musk não é somente o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 274 bilhões, segundo a Bloomberg, nem somente o CEO da Tesla (TSLA) e da SpaceX: ele é também o responsável por algumas das maiores movimentações nos mercados globais em 2021.

Não que ele tenha comprado muitas ações, ou investido em um determinado setor, mas sim porque suas publicações no Twitter conseguiram derrubar e aumentar o valor de criptomoedas. Sim, isso é possível. Com apenas 280 caracteres, Musk consegue brincar com o mercado.

Para começar, um exemplo simples: recentemente, Musk tuitou uma foto de seu cachorro, Floki, da raça Shiba Inu, o que fez com que a criptomoeda shiba inu coin disparasse 1.600%.

Mas essa não foi a única vez em que uma publicação sua fez com que os mercados passassem por um frisson. Em seu perfil no Twitter, Musk coleciona um total de 67,8 milhões de seguidores bastante engajados.

Em janeiro, próximo ao auge da febre GameStop, Musk fez um simples tuite com a palavra “Gamestonk!” e um link para o fórum do Reddit que estava impulsionando as ações da companhia. O papel do bilionário foi fundamental para que os ativos da empresa passassem da casa dos US$ 300.

Em março deste ano, ele deu início a uma das maiores polêmicas de seu perfil na rede social, quando afirmou que a Tesla passaria a aceitar pagamentos em Bitcoin. Segundo ele, à época, “o Bitcoin pago à Tesla será retido como Bitcoin, não convertido em moeda fiduciária”. Isso fez com que o preço da criptomoeda disparasse.

Mas não demorou para que ele mudasse de ideia. Em maio, Musk voltou ao Twitter para explicar, em uma série de postagens, porque sua companhia não aceitaria mais Bitcoin como forma de pagamento. O motivo?

“Estamos preocupados com o rápido aumento no uso de combustíveis fósseis para a mineração e as transações em Bitcoin, especialmente de carvão, que tem a pior emissão de qualquer combustível”, afirmou ele na publicação. “Os criptoativos são uma boa ideia em muitos níveis e acreditamos que eles têm um futuro promissor, mas isso não pode acontecer com um alto custo ao meio-ambiente”, continuou.

O Bitcoin, depois da novidade, despencou, assim como outras criptomoedas celebradas pelo magnata, como a dogecoin.

E nem a sua empresa, a Tesla, saiu imune ao poder de Musk de afetar os mercados com apenas uma publicação.

Em novembro, as ações da companhia caíram após um tuite no qual Musk perguntava se deveria vender 10% de seus papéis porque “muito se tem feito ultimamente com os ganhos não realizados sendo um meio de evasão fiscal”. 3.5 milhões de pessoas votaram. 60% votaram para que os ativos fossem vendidos.

Em dezembro, ele continuou a vender ações da Tesla para chegar a meta de 10% e afirmou que pagaria US$ 11 bilhões em impostos.

Musk, que foi eleito a personalidade do ano pela revista Time, no entanto, não acredita que causa um efeito nos mercados. “Os mercados se movem o tempo todo, com base em nada, que eu saiba”, disse ele à Time.

Para 2022, uma coisa parece certa: Musk continuará a mover suas peças de xadrez em seu jogo no Twitter.

Última atualização por Tamires Vitorio - 27/12/2021 - 16:29

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto