Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Parceria entre KuCoin e Chainalysis busca detectar e prevenir atividades ilegais

03/06/2020 - 8:35
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
A nova parceria permitirá que a detecção de atividades ilícitas na corretora KuCoin por meio das ferramentas desenvolvidas pela Chainalysis (Imagem: Medium/KuCoin Exchange)

A corretora de criptoativos KuCoin anunciou uma parceria com Chainalysis, empresa de análise sobre blockchain.

KuCoin usará o software de Know-Your Transaction (KYT) da Chainalysis para detectar e evitar lavagem de dinheiro e atividades ilegais, além de usar o Chainalysis Reactor para analisar atividades suspeitas.

“Esperamos fortalecer nossa expansão técnica para sermos complacentes ao cooperarmos com a Chainalysis”, afirmou Johnny Lyu, CEO da KuCoin Global. “Não apenas fornece infraestrutura ao ecossistema de blockchain, mas também cumpre com os requisitos regulatório em diversos países e regiões.”

A KuCoin Exchange começou a realizar negociação de criptoativos em setembro de 2017. A corretora já possui mais de cinco milhões de usuários registrados em mais de 200 países e regiões.

Também afirma que um em cada quatro investidores cripto tem uma conta na KuCoin. Segundo a classificação de tráfego da Alexa, as visitas mensais únicas à KuCoin a fazem estar entre as cinco maiores corretoras do mundo.

A empresa realizou, com sucesso, uma rodada de financiamento “series A” (para otimizar sua base de usuários e sua oferta de produto). em novembro de 2018, arrecadando US$ 20 milhões de IDG Capital, Matrix Partners e NEO Global Capital. A empresa opera fora das Ilhas Seychelles.

KuCoin fornece diversos produtos e serviços, incluindo negociação à vista, de futuros, staking e uma versão “sem marca” (“white label”) de sua corretora.

kucoin
KuCoin é uma das principais corretoras cripto em todo o mundo, com mais de cinco milhões de usuários registrados (Imagem: Facebook/KuCoin)

A corretora foi o foco principal da equipe KuCoin por possuir um mecanismo eficiente de combinações, uma vasta gama de pares de negociação e alta liquidez. Oferece até dez vezes de alavancagem para negociadores na corretora à vista.

A plataforma de negociação de futuros no grupo KuCoin chama-se KuMex e foi lançada em julho de 2019.

A plataforma de futuros é rotulada por ter um índice mais robusto do que outras corretoras de derivativos, composta de seis das corretoras à vista mais líquidas: Bittrex, Bitstamp, Gemini, Liquid, Coinbase e Kraken.

KuMex fornece contratos de derivativos de bitcoin perpétuo e trimestral, que podem ser negociados com alavancagem de até cem vezes.

Pool-X, anteriormente conhecida como KuCoin staking, é a plataforma utilizada para fornecer serviços de staking a clientes da KuCoin.

A plataforma fornece uma variedade de diferentes criptoativos passíveis de staking e afirma fornecer maiores rendimentos do que outras corretoras. Usuários podem fazer o staking de seus criptoativos tanto pela opção fixa quanto pela opção flexível, em que a fixa fornece um retorno maior.

O último produto do grupo KuCoin é KuCloud, que é uma versão “sem marca” das plataformas KuCoin e KuMex.

KuCloud é o serviço que fornece “liquidez adequada e serviços específicos em troca de uma contribuição mínima” (Imagem: KuCloud)

Permite que empresas usem a arquitetura da corretora já desenvolvida pela KuCoin, além de acessar a liquidez da plataforma-mãe. A empresa afirma que uma corretora que usa sua tecnologia pode ser lançada em menos de 72 horas.

Sua nova parceira, Chainalysis, é uma empresa de análise sobre blockchain que fornece dados e análises para corretoras, instituições financeiras e agências governamentais em 40 países.

A empresa fornece ferramentas de investigação e conformidade e educação para que seus clientes possam ter uma interagir com criptoativos com confiança.

A empresa realizou uma rodada de financiamento “series B” (para a expansão de seu alcance de mercado) de US$ 36 milhões em abril de 2019, liderada pela gigante empresa de capital de risco Accel.

Até agora, a empresa arrecadou US$ 53,6 milhões por meio de rodadas “seed” (para ajudar no crescimento da empresa), “series A” e “series B”.

Chainalysis possui três produtos principais: know-your-transaction (KYT), Reactor e Kryptos. KuCoin usará os softwares KYT e Reactor para monitorar e realizar investigações sobre atividades suspeitas.

KYT combina inteligência blockchain, uma interface de fácil uso e uma interface de programação de aplicações (API) em tempo real para reduzir processos tecnológicos manuais enquanto ajuda empresas cripto a cumprirem com regulações locais e globais.

O serviço KYT da Chainalysis ajuda a detectar muitos padrões de atividade de risco e cobre 90% de todos as atividades cripto (Imagem: Chainalysis)

Isso permite que equipes de compliance monitorem grandes volumes de atividade de criptoativos e identifiquem transações de alto risco continuamente por aplicar padrões globais antilavagem de dinheiro para cada transação de todos os usuários de uma empresa.

Reactor é um “software de investigação” que conecta transações cripto a entidades do mundo real, permitindo que usuários combatam atividade criminosa no blockchain. Ajuda a identificar e evitar que maus agentes usem criptoativos para atividades ilícitas, como fraude, extorsão e lavagem de dinheiro.

O software permite que haja investigação sofisticada sobre a movimentação de fundos cripto, como pesquisa com base em um identificador, rastreamento de fundos entre carteiras e monitoramento de endereços para a movimentação de fundos.

O produto mais recente, Kryptos, criado para permitir que clientes analisem novas oportunidades e abram caminho por riscos na indústria cripto. O software fornece perfis de empresas cripto com base em detalhes KYC e dados de blockchain.

Todos os serviços fornecidos pela Chainalysis são apoiados por um conjunto de dados que a empresa adquiriu nos últimos anos. Mais de dois mil serviços únicos, que controlam centenas de milhões de endereços de cripto, totalizam mais de US$ 1 trilhão de valor transferido, foram identificados.

A empresa acrescenta cem novos serviços a essa base de dados toda semana e afirma que ⅓ são esquemas, mercados da dark web e outros serviços ilícitos.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 03/06/2020 - 8:35