Comprar ou vender?

As ações porto seguro para o segundo semestre, segundo Safra

10 jun 2024, 16:35 - atualizado em 10 jun 2024, 16:35
assai asai3 banco safra
Quais são as ações porto seguro para o segundo semestre, segundo Safra (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

O Banco Safra apresentou novos preços-alvo e estimativas para o setor farmacêutico e de varejo de alimentos para o segundo semestre de 2024.

De acordo com o relatório enviado ao mercado nesta segunda (10), os setores continuam a combinar oportunidades de crescimento com baixo risco relacionado a desacelerações econômicas.

O banco afirmou que as empresas de consumo básico são um “porto seguro natural”. Segundo o analista Vitor Pini, essas empresas são menos suscetíveis a períodos de volatilidade ou a recessões econômicas do que as empresas de varejo discricionário.

Com isso, as preferências do Safra vão para Assaí (ASAI3) e Hypera (HYPE3), com preço-alvo de, respectivamente, R$ 16,80 e R$ 37.

Dessa forma, para o setor de varejo, Pini explica que os resultados recentes foram marcados pelo aumento da inflação de alimentos, impulsionando as vendas de mesmas lojas das empresas.

“Esperamos um crescimento robusto da receita ao longo de 2024 para o Assaí e o Grupo Mateus de 14% e 24%, respectivamente, uma vez que a expansão de sua presença e a inflação de alimentos darão suporte ao crescimento do SSS”, afirmou.

Consequentemente, o Safra elevou o preço-alvo para o Grupo Mateus (GMAT3) de R$ 8,70 para R$ 10,10. Além disso, para o Atacadão (CRFB3) o banco mantém a recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 10,30, pois enxergam a consolidação do Big como “desafiadora”.

Para finalizar este setor, o Pão de Açúcar (PCAR3) recebeu a recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 3,20.

Recomendações do setor farmacêutico, segundo o Safra

Referente ao farmacêutico, o Safra destaca esse setor como resiliente e com “grandes perspectivas de crescimento apoiadas pelo bônus demográfico e por hábitos mais saudáveis”. Além disso, os dados recentes da Sindusfarma e os resultados do 1T24 reforçaram posição positiva do banco.

Portanto, para a Panvel (PNVL3) e Pague Menos (PGMN3), o Safra mantém a recomendação de compra, com o preço-alvo de R$ 15,40 e R$ 3,50, respectivamente.

Além disso, referente a Raia Drogasil (RADL3), o banco ressaltou uma recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 28,70.

Por fim, o Safra manteve a recomendação de venda para a Blau Farmacêutica (BLAU3), devido à previsão de uma margem Ebitda conservadora no longo prazo e dos resultados recentes “decepcionantes”.

Estagiária de Redação
Estudante da área de comunicação, cursando Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Ingressou no Money Times em 2024 como estagiária.
Linkedin
Estudante da área de comunicação, cursando Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Ingressou no Money Times em 2024 como estagiária.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.