Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Pequim recomenda evitar alimentos congelados de países com pandemia severa, como Brasil

28/09/2020 - 12:00
Consumidores selecionam carne de porco congelada em Nantong, China
Na mira: Brasil é um dos países monitorados pela China (Imagem: China Daily via Reuters)

A capital da China pediu a importadores nesta segunda-feira que evitem alimentos congelados de países que sofrem de surtos severos de coronavírus, após vários casos de produtos de frutos do mar importados com teste positivo para o vírus.

“A alfândega e os governos locais detectaram repetidamente o coronavírus em alimentos importados da cadeia de congelados, provando que há risco de contaminação”, disse o Departamento Municipal de Comércio de Pequim em comunicado emitido para empresas importadoras.

O órgão pediu às empresas que monitorem de perto a situação da pandemia no exterior e “evitem proativamente a importação de alimentos da cadeia de congelados de áreas fortemente atingidas pelo coronavírus”, promovendo planos alternativos para as importações.

O departamento de governo também pediu às empresas para que melhorem seus mecanismos de alerta e relatórios e informem às autoridades rapidamente se os produtos testarem positivo.

A China não relatou nenhuma infecção local do coronavírus por mais de um mês, mas recentemente o vírus foi detectado na embalagem de frutos do mar importados na província de Jilin e na cidade de Qingdao.

A China suspendeu neste mês as importações de produtores de frutos do mar do Brasil, Indonésia e Rússia por uma semana ou mais devido ao que alegou serem testes positivos para o coronavírus.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 28/09/2020 - 12:00