Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Pessimismo com o PIB acelera, e queda da estimativa é a maior do ano

16/03/2020 - 10:07
Coronavírus: restrições para conter pandemia aceleram pessimismo com o Brasil (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O relatório Focus divulgado nesta segunda-feira (16) mostra que, finalmente, o mercado compreendeu o potencial impacto do coronavírus sobre a economia brasileira. A projeção de alta de 1,68% do PIB para este ano representa um corte de 0,31 ponto percentual sobre o boletim da semana passada.

Este é o maior recuo nas expectativas registrado neste ano – e o quinto consecutivo. Indica, também, uma aceleração no pessimismo, à medida que a pandemia do coronavírus se alastra e governos locais e nacionais anunciam restrições na circulação de pessoas, como proibição de voos e de reuniões, shows etc.

O recorde anterior pertencia ao relatório de 06 de março, quando a projeção para o PIB de 2020 baixou 0,18 ponto, de 2,17% para 1,99% – foi a primeira vez que o Focus indicava um crescimento abaixo de 2% para este ano.

Até o fim de fevereiro, o mercado sustentava uma visão bem mais otimista para a economia. O primeiro relatório Focus deste ano trazia uma estimativa de alta de 2,30% para o PIB. Os economistas chegaram a esboçar, inclusive, uma maior confiança, ao elevar o percentual para 2,31% por duas semanas.

A visão do mercado contrasta, ainda, com as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, que ainda acredita que o Brasil possa crescer 2,50% neste ano.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Márcio Juliboni - 16/03/2020 - 10:07