Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petrobras iniciará aquisição sísmica do projeto de monitoramento de Sapinhoá

10/06/2021 - 10:03
Sede da Petrobras, no Rio de Janeiro
A companhia firmou um contrato com a Seabed Geosolutions do Brasil que contempla a aquisição e o processamento geofísico 3D e 4D, com investimentos totais de cerca de US$ 118 milhões (Imagem: REUTERS/ Sergio Moraes)

A Petrobras (PETR3;PETR4) informou, em nota divulgada ontem à noite, que iniciará no domingo a primeira das duas aquisições sísmicas do projeto de monitoramento do campo de Sapinhoá, no pré-sal da Bacia de Santos.

A companhia firmou um contrato com a Seabed Geosolutions do Brasil que contempla a aquisição e o processamento geofísico 3D e 4D, com investimentos totais de cerca de US$ 118 milhões.

A primeira aquisição, sísmica base (3D), tem 575 m² de área. A aquisição sísmica monitora (4D), com 478 km² de área, tem previsão para o início de 2024.

A aquisição sísmica é uma ferramenta de gerenciamento de reservatórios e de otimização dos sistemas de produção que visa maximizar o valor dos ativos por meio do aumento do fator de recuperação das jazidas.

Segundo a Petrobras, os novos levantamentos utilizarão o Ocean Bottom Nodes (OBN), solução tecnológica que faz a coleta de informações de jazidas a partir de sensores instalados no leito oceânico e que busca obter a melhor resposta sísmica em áreas geologicamente complexas, como as do pré-sal.

“O levantamento de dados geofísicos 3D em diferentes momentos, ou a aquisição 4D, permite aos geocientistas e engenheiros de reservatório acompanhar o deslocamento dos fluidos, observar a variação de saturação de óleo e água e identificar efeitos da interação da rocha com fluido e o comportamento geomecânico dos reservatórios, contribuindo para o melhor gerenciamento da recuperação de óleo da jazida e desenvolvimento da produção”, disse a estatal.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 10/06/2021 - 10:03

Pela Web