Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petrobras: Mudança pedida pela CVM pode levar a distribuição de dividendos

Gustavo Kahil
08/03/2017 - 15:59

A solicitação da CVM para que a Petrobras republique os balanços publicados entre 2013 e 2015 com mudanças na contabilização das operações de hedge pode fazer com que a estatal apresente lucro líquido em 2016 e, portanto, distribua dividendos aos acionistas preferenciais (PETR4), avalia a Itaú Corretora em uma nota enviada a clientes.

Leia também: Exclusivo: Petrobras tentou barrar divulgação de pedido da CVM para refazer balanços

“Se a recomendação da CVM prevalecer e a Petrobras não puder mais utilizar a contabilidade de hedge, provavelmente a empresa deverá reportar lucros referentes a 2016, levando a pagamento de dividendos, o que deve ampliar o spread entre as ações PN e ON. Se a recomendação da CVM não prevalecer, a Petrobras não deve distribuir dividendos referentes ao ano fiscal 2016”, explica a corretora.

O Itaú lembra que a contabilidade foi adotada em 2013 para reduzir os efeitos da variação do câmbio no lucro líquido. A recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado), equivalente à compra, foi reiterada. O preço justo de R$ 22,50 para o final de 2017 para os papéis preferenciais foi mantido.

Última atualização por - 05/11/2017 - 14:06

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto