Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petrobras (PETR4): Ações operam em forte queda, após demissão de CEO

Márcio Juliboni
24/05/2022 - 12:19
Petrobras PETR3 PETR4 Ibovespa ações
Dúvida: Petrobras conseguirá se impor a Bolsonaro e sustentar política de preços? A julgar pela queda das ações, investidores acreditam que não (Imagem: Money Times/Renan Dantas)

As ações da Petrobras (PETR3; PETR4) operam em forte queda desde a abertura do pregão desta terça-feira (24), refletindo o descontentamento do mercado com a demissão de José Mauro do posto de presidente executivo da companhia.

Por volta das 11h54, as ações ordinárias (PETR3) caíam 3,89% e eram negociadas por R$ 34,07. Já as ações preferenciais (PETR4) tombavam 4,44%, cotada a R$ 31,15.

Somando 7,1% de peso no Ibovespa, o tombo da estatal arrasta junto o principal índice da Bolsa brasileira que, no mesmo instante, recuava 1,65% e marcava 108.523 pontos.

A queda das ações já era prenunciada, antes da abertura da sessão, pelo grande tombo das ADRs (American Depositary Receipts) da Petrobras no pré-market da Bolsa de Nova York. Por volta das 9h (horário de Brasília), os papéis afundavam cerca de 11%.

Demissão de CEO da Petrobras aumenta temor do mercado

Anunciada ontem à noite pelo Ministério de Minas e Energia, representante do governo federal, a demissão de José Mauro em tão pouco tempo pegou o mercado de surpresa. A notícia reforça a avaliação de que será muito difícil equilibrar a atual política de paridade de preços e as demandas do presidente Jair Bolsonaro para conter os aumentos dos combustíveis, que prejudicam sua campanha à reeleição.

Para o BTG Pactual, por exemplo, o “pior ainda está por vir”. Com recomendação neutra para as ações, o banco observa que a governança corporativa da Petrobras evitou “até agora” interferências mais diretas, mas afirma que teme que o verdadeiro teste ainda esteja por vir.

“Em última análise, achamos que o novo CEO enfrenta um dilema difícil: como preservar o próprio emprego seguindo as políticas da empresa e sem comprometer a disponibilidade de combustível no Brasil?”.

Para o BTG, trazer os preços para o PPI (preços de paridade de importação) é importante para manter um abastecimento saudável de combustível para o país, que depende de importações para que a oferta seja suficiente para atender a demanda.

Disclaimer

O Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Última atualização por Márcio Juliboni - 24/05/2022 - 12:19

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto