Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petrobras (PETR4): Governo arrecadou R$ 1,4 trilhão com a estatal em 10 anos, diz BBI

Kaype Abreu
18/05/2022 - 11:22
Petrobras
BB diz qeu mudanças na política de preços da empresa podem impactar negativamente as contas fiscais do Brasil. (Imagem: Money Times/Renan Dantas)

O governo arrecadou R$ 1,4 trilhão em impostos e dividendos da Petrobras (PETR4) entre 2011 e 2021, disse o Bradesco BBI em relatório desta terça-feira (17).

O valor foi cerca de 15 vezes maior do que o obtido por acionistas minoritários, que receberam R$ 94 bilhões em dividendos.

Credores arrecadaram R$ 176 bilhões em juros acumulados no mesmo período, segundo o BBI – duas vezes o que foi arrecadado pelos acionistas minoritários em dividendos.

“Os acionistas minoritários foram os que menos se beneficiaram das operações da Petrobras nos últimos 10 anos”, argumentam os analistas do banco.

Segundo eles, acionistas praticamente não obtiveram ganhos de capital no período, já que as ações da companhia tiveram desempenho inferior ao Ibovespa em cerca de 50%, e ficaram abaixo do preço do Brent e do CDI em 150%.

Petrobras, política de preços e dividendos

O cálculo do BBI é divulgado em um momento de forte pressão sobre a Petrobras por conta da alta do preço dos combustíveis, que seguem o mercado internacional.

Os analistas do banco argumentam que mudanças na política de preços da empresa podem impactar negativamente as contas fiscais do Brasil, com menores dividendos e impostos futuros recebidos.

Para eles, o prêmio de risco atribuído pelos investidores para alocar dinheiro ao Brasil pode aumentar, implicando em custos crescentes para bens e serviços em geral.

Outras ações podem ser tomadas para mitigar os aumentos dos preços dos combustíveis para os consumidores, dizem.

“Por exemplo, em 2022, o governo aumentará cerca de R$ 120 bilhões em impostos da Petrobras devido aos preços mais altos do petróleo e à atividade econômica mais forte, parte da qual poderia ser usada para políticas temporárias de bem-estar social relacionadas à energia”.

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Última atualização por Kaype Abreu - 18/05/2022 - 11:26

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto