Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Petróleo Brent beira estabilidade por temores de recessão em meio ao coronavírus

17/03/2020 - 9:51
Petróleo Commodities
Não há nada, nem do lado dos fundamentos e nem novidades técnicas, que possam significar que essa derrocada que temos visto vá parar no curto prazo, pontua especialista (Imagem: Reuters/Essam Al-Sudani)

Os preços do petróleo Brent recuavam nesta terça-feira à medida que a epidemia global de coronavírus impacta a demanda e após a Arábia Saudita ter elevado a produção para nível recorde em meio a uma disputa por mercado com a Rússia.

O petróleo Brent recuava 0,03 dólar, ou 0,07%, a 29,76 dólares por barril, às 9:49 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,15 dólar, ou 0,52%, a 28,85 dólares por barril.

Na véspera o contrato de referência Brent desabou 11,2%, para 30,05 dólares o barril, após tocar os 29,52 dólares por barril, o menor nível desde janeiro de 2016.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“O petróleo fez novas mínimas”, disse Tamas Varga, da corretora PVM. “Não há nada, nem do lado dos fundamentos e nem novidades técnicas, que possam significar que essa derrocada que temos visto vá parar no curto prazo.”

Os Estados Unidos disseram que vão aproveitar os preços baixos para encher sua Reserva Estratégica de Petróleo, enquanto outros países estão planejando medidas similares.

As atenções devem se voltar mais tarde para os dados de estoques nos EUA, em meio a expectativas de alta nos volumes armazenados pela oitava semana consecutiva.

O Instituto Americano do Petróleo divulga seus dados nesta terça-feira, enquanto o governo dos EUA publicará seus números na quarta-feira.

Última atualização por Lucas Simões - 17/03/2020 - 9:51