Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Petróleo sobe mais de 1% após dados sobre estoque dos EUA e manufatura

01/07/2020 - 17:49
Petróleo Commodities
Os estoques de petróleo dos EUA tiveram queda além do esperado na semana passada, de 7,2 milhões de barris (Imagem: Reuters/Todd Korol)

Os preços do petróleo subiram mais de 1% nesta quarta-feira, apoiados pela queda nos estoques da commodity nos Estados Unidos após máximas recordes e por uma série de dados positivos de manufatura, embora o aumento no número de casos de coronavírus tenha limitado os ganhos.

O petróleo Brent fechou em alta de 0,76 dólar, ou 1,8%, a 42,03 dólares por barril. Já o petróleo dos EUA (WTI) avançou 0,55 dólar, ou 1,4%, para 39,82 dólares o barril.

Os estoques de petróleo dos EUA tiveram queda além do esperado na semana passada, de 7,2 milhões de barris, depois de atingirem máximas históricas por três semanas consecutivas, mostraram dados da Administração de Informação sobre Energia (AIE). Analistas projetavam um recuo de 710 mil barris.

“As importações provenientes da Arábia Saudita foram praticamente zeradas, e eu acredito que esse recuo (dos estoques) seja o primeiro de uma série de quedas”, disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group em Chicago.

A melhora na atividade econômica global também deu apoio aos preços. A atividade manufatureira dos EUA teve recuperação em junho, atingindo o maior nível em mais de um ano, enquanto a atividade industrial da China se expandiu em ritmo mais forte no mês passado.

Ainda assim, investidores seguem cautelosos após uma forte alta no número de casos de coronavírus nos EUA, seguida por um alerta do principal especialista em doenças infecciosas do governo norte-americano sobre a possibilidade de os casos dobrarem em breve no país.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Bruno Andrade - 01/07/2020 - 17:49