Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Polícia turca prende 62 pessoas envolvidas na investigação da corretora Thodex

23/04/2021 - 9:30
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Bandeira da Turquia
O CEO da corretora Turca afirmou que irá pagar sua dívida com clientes para depois se entregar à justiça (Imagem: Pixabay)

A polícia turca prendeu 62 pessoas em uma investigação sobre a corretora de criptomoedas local Thodex, acusada de fraude.

Nesta sexta-feira (23), a agência estatal de notícias Anadolu noticiou que promotores emitiram mandados de prisão para 78 pessoas que tinham envolvimento com a Thodex, e 62 foram detidas em oito províncias.

Promotores turcos iniciaram a investigação contra a Thodex nessa quinta-feira (22) após um advogado chamado Abdullah Üsame Ceran ter enviado uma denúncia contra o fundador da Thodex Faruk Fatih Ozer, alegando “fraude agravada”.

Ceran alega que Ozer fugiu da Turquia e que centenas de milhões de dólares foram roubados. Ozer fugiu para Tirana, capital da Albânia, segundo a polícia turca.

Abrão Filho aumenta 135% sua receita em 2021

De forma brusca, a Thodex interrompeu negociações esta semana. A decisão afetou os quase 400 mil investidores ativos da corretora, segundo Ceran.

O site da Thodex está fora do ar mas, no início desta semana, afirmava que a corretora havia sido paralisada temporariamente para permitir que investimentos externos “atendesse melhor seus clientes” e que continuaria suspenso por cinco dias úteis.

Usuários da Thodex não conseguem sacar seus fundos ou acessar suas contas e afirmam que podem ter sido fraudados.

Enquanto isso, MASAK, o comitê de investigação sobre crimes financeiros da Turquia, alegadamente bloqueou as contas bancárias da Thodex.

Ozer supostamente pensou em se render às autoridades ou cometer suicídio antes de deixar o país, mas ambas as opções sugeriam que os fundos dos clientes nunca mais seriam recuperados.

“Então eu decidi me manter vivo e fugir, trabalhar e pagar minha dívida com vocês”, disse Ozer à Bloomberg. “No dia em que eu repagar toda a minha dívida, eu voltarei ao meu país e me entregarei à justiça.”

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 23/04/2021 - 9:30

Pela Web